terça-feira, 15 de setembro de 2015

Busca




Esta casa não está
desabitada
Nem seu poemas
largados
a agonizar   
Apenas
a dona
saiu de si
por algum tempo
para se
encontrar.

6 comentários:

Ana Pereira disse...

Boa tarde
Passei pelo teu cantinho para te dar a conhecer o meu modesto espaço de poesia.
Espero que gostes. Um abraço, Ana Pereira
http://almainspiradora.blogspot.pt/

Phoenix disse...

Olá :) Espero que volte a estar habitada rápido!

Beijos

Unknown disse...

Vou sim Ana. Obrigada por vir.

Unknown disse...

💋💋💋

Unknown disse...

Vou sim Ana. Obrigada por vir.

Toninho disse...

Que bom estar de volta, a poesia carece desta sensibilidade.
Mas que às vezes é preciso este tempo para nós. Agora é soltar
as palavras,arranca-las das gavetas, dar asas e pernas, que
estamos aqui para acaricia-las.
Bonita sua volta amiga.
Abraços e beijo paz.