quinta-feira, 7 de julho de 2011

Sem estro



Ai

Adélia
você já sabia
que não adianta queijo
se não tenho fome
ou  qualquer desejo
Não há nome
ou codinome malfazejo
Sou só eu
que dispensei a faca
Declinei de abraços
e de beijos
E já não versejo
embora haja rimas
E aproveito o ensejo
para contar-lhe
repleta de pejo
Que Deus
anda a castigar-me
pois só vejo pedra
onde pedra
há.

28 comentários:

glória disse...

Amei a nova cara do blog. Lindo isso:

"E aproveito o ensejo
para contar-lhe
repleta de pejo
Que Deus
anda a castigar-me
pois só vejo pedra
onde pedra
há".

andei ausente. a literatura é um desejo, um devir. por isso, passo rápido. mas, não deixo de apreciar belezas como essa inspirada aem Adélia.

bj

MIRZE disse...

Linda Ross!

As pedras estão por aí, por aqui...

Que tal guardarmos e construirmos algo melhor que estes blogs?

Beijos, lindona!

Mirze

Flavio Ferrari disse...

Ver a pedra e declinar os ósculos
Não é castigo...
Pelo menos não precisa de óculos

(putz, foi mal ...)

MOISÉS POETA disse...

Adélia , que na maior parte do tempo enxerga além da pedra, adoraria seus versos...

assim como eu .

um beijo !

Eraldo Paulino disse...

Assim como é a sina dos palhaços enchergarem melhor a tristeza pra nos darem mais alegria, é tarefa árdua dos poetas visualisarem a feiura da vida e nos dá beleza mesmo que seja só moldura pro horror.

Você é linda!

Bjs no batom!

tonholiveira disse...



No meio do caminho tem um poeta
tem um poeta...

insPIRA-TE ou exP(l)ODE-te...
em VERsos!

:o)

Celso Mendes disse...

Quando Adélia Prado, a grande Adélia Prado disse: "Não quero faca nem queijo. Quero a fome." não imaginaria que isto daria inspiração a um poema tão belo. Adorei minha amiga. Para conversar com seu fecho, que achei genial (Que Deus/anda a castigar-me/pois só vejo pedra/onde pedra/há), cito mais um da Adélia:

"Eu sempre sonho que uma coisa gera,
nunca nada está morto.
O que não parece vivo, aduba." (AP)

beijos...
O que parece estático, espera.

Domingos Barroso disse...

A magia, ei-la,
silenciosamente
encantada
...




Beijo carinhoso.

Geraldo de Barros disse...

que lindo, querida, lindo demais!

beijos e um ótimo final de semana para vc e para os seus

Pastelaria disse...

Olá
Antes de mais ...parabéns pelo blogue ! :)

gostei do que li ...

Gostaríamos muito que desse uma vista de olhos no projecto DVB- Digital Video Book ,de saber a sua opinião e qual o interesse em desenvolver o seu trabalho neste novo formato.

"Transformamos" os seus trabalhos (já editados em livro, ou não), num DVB- uma ideia original da Pastelaria Studios Productions

O projecto é recente, é uma inovação, tal como explicamos no nosso blogue:

http://pastelariaestudios.blogspot.com/


É exactamente isso! os seus poemas seriam " trabalhados " em DVB . Um livro que se vê como um filme!


Não se trata do mesmo funcionamento de uma editora "normal", pois não somos uma editora e prestamos essencialmente um serviço criativo.

A minha sugestão seria, enviar-nos a sua obra, e nós faremos uma análise e um orçamento de custos.

Posso adiantar que, por ser um projecto novo e, embora o trabalho criativo (audio, voz, imagem, construção do DVB, etc) seja bastante, queremos chegar ao maior número de autores de obras escritas, mesmo que essas estejam ainda na 'gaveta' ...



Fico a aguardar uma resposta e, qualquer dúvida ...estamos por aqui.

Um abraço,

pastelariaestudios@gmail.com

Batom e poesias disse...

Glória, minha saudosa amiga

Não importo quanto demoras a vir, pois quando vem, vira festa por aqui.

Bjs

Batom e poesias disse...

Ah Mirze,
Você é uma querida!
Bjs

Batom e poesias disse...

Flavito,
Credo, amigo!
Você é capaz de fazer melhor que isso...kkk

Bjcas

Batom e poesias disse...

Moisés,
Já fiquei feliz que tenha gostado.
Um beijo.

Batom e poesias disse...

Eraldo, seu comentário significa muito pra mim, meu querido.
Lindo são seus olhos generosos.

bjs

Batom e poesias disse...

Tonh0,
Adélia é mesmo uma ins(PIRAÇÂO).

Bjs, querido.

Batom e poesias disse...

Domingos,
É sempre uma honra sua presença nessa minha casa.

Bjs

Batom e poesias disse...

Celso,
Fiquei muito feliz com seu comentário, poeta.
Muito.

Bjs

Batom e poesias disse...

Ge,
Eu agradeço por vir, meu amigo.
Grande beijo.

Batom e poesias disse...

Pastelaria

Que idéia interessante!
Claro que vou visitar o blog.

Abçs

Adriana Karnal disse...

Rossana,
maravilhosa essa poesia bordado de adélia, textura de rossana...eu sou fanzona da adélia e sua tbm.deus foi legal comigo, nao vi pedras aqui.

Celamar Maione disse...

Rossana,
maravilha de poesia.
Adorei o ritmo.

Bjs

Amanda Lemos disse...

Gostei bastante do Blog.
Muito interessante !

É bom ver a cada dia que passa mais originalidade nessa "blogosfera". :)

Deixo o meu aqui caso queira dar uma olhada, seguir..;
http://bolgdoano.blogspot.com/

Muito Obrigada, desde já !

Solange Maia disse...

E-S-P-E-T-A-C-U-L-A-R ....

Acho linda a tua forma de costurar as palavras, de fazer rimas musicais...

que lindo...
que lindo...

beijo super carinhoso

Batom e poesias disse...

Adriana

Que lindo comentário!
Comoveu-me, querida.

bjs

Batom e poesias disse...

Cel

Que bom que gostou.
Saudades, queridona.

bj

Batom e poesias disse...

Vou sim, Amanda, assim que minha internet se regularizar.
Grata pela visita e comentário.

bj

Batom e poesias disse...

Ô Sol, eu é que fico feliz com suas palavras.
Você borda palavras ainda melhor.
bj