quinta-feira, 13 de setembro de 2012

Filosofando...





Seria a liberdade
nosso maior desejo?
Imaginar-se sem escoras,
sem amarras
e sem limites...
A liberdade é
a essência do egoísmo
através do sublime
exercício da preguiça.
É a cobiça pelo livre arbítrio
sem consequências.
É a prazerosa transcendência
da irresponsabilidade sem culpa.
É a entrega absoluta
à ilusão do prazer
É o desobrigar-se
de qualquer compromisso.
Despojar-se de si mesmo,
dos próprios princípios
e ainda abdicar de toda querência.
Temos mesmo competência?

11 comentários:

Primeira Pessoa disse...

como diria guimarães, o rosa, viver é muito perigoso, rossana.

e abdicar em vida é, ao que parece, da capacidade de escolha e é, também, da necessidade, às vezes, de se cortar na própria carne.

viver é muito "dolorido", às vezes.

abração do

roberto.

Will Moa disse...

Linda forma de mergulhar em questão tão intrínseca ao ser humano, com um tom poético que torna o mergulho ainda mais instigante.

Parabéns!

Um abraço!

Tania regina Contreiras disse...

Liberdade, o que seria, eu me pergunto. Acho que liberdade é entrega. Deixar que as ondas da vida nos leve aonde precisamos chegar.

Beijos,
T.

Toninhobira disse...

Ah, este direito à preguiça.Esta irresponsabilidade sem culpa,soltar as amarras e deixar-se levar pelos nobres prazeres da vida.Mas viver é tão riscoso minha amiga.
Meu terno abraço de paz e admiração.
Estava sumida.
Um belo fim de semana.
Bjo.

Bípede Falante disse...

Liberdade vai ser sempre um estado relativo e subjetivo.
Algumas liberdades, é claro, são visíveis e ostensivas, mas a liberdade profunda depende muito de quem a deseja.
Gostei do tema.
Provocativo e relevante.
Beijoss

Mateus Medina disse...

Grandes e boas questões...

A liberdade é tão complexa, quando aparenta ser simples...

Quantos de nós, de fato, fazemos bom uso da liberdade? Qual é o seu limite? Tem limite?

Desculpe, só tenho mais perguntas....

bjos

Tatiana disse...

Se temos competência não sei, mas que liberdade parece refrescante, isso eu acho!

Como disse Cecília:
"Liberdade é uma palavra que o sonho humano alimenta:
não há ninguém que explique e ninguém que não entenda"

beijo

byTONHO disse...



Liberdade pra querer liberdade,
é o que temos...

"Sem a tal LIBERDADE já somos cruéis..."

"Li...beldades!"

:o)

Sonhadora (RosaMaria) disse...

Minha querida

Eu acho que o ser humano não está ainda preparado para essa liberdade que descreveste tão bem, mas infelizmente o egoísmo impera.

Deixo um beijinho e agradeço o carinho no aniversário do meu blogue.
Sonhadora

Catia Bosso disse...

Ja sou sua seguidora, estava em falta com as visitas pq andei me afastando, mas voltei e achei lindo seu poema. Temos sim, competência!!! que atrai querencia e tal...

bjs meus

Catita

Eraldo Paulino disse...

Dói ser perfeita?

Compartilhando mais uma vez essa obra-prima.

Beijos no Batom!