segunda-feira, 21 de setembro de 2009

Chorinho



Vai-se nume
sonho e encanto
Vem silêncio
e afasia
Decanto
sem canto
e sem poesia
Me faço água salgada
Que bóia
dos olhos da alma
e entorna...

23 comentários:

Daniel disse...

Bonita suas palavras sobre um momento de tristeza. Poético. Acho legal transformar qualquer tipo de dor em algo bonito.
Beijos

Mário Lopes disse...

Então,
da lágrima faz poesia,
secreta,
redonda,
brilhando à luz do dia,
como o orvalho da manhã
ou resto de lua vã
que a noite alumia.
Pura,
água da alma,
que as aves beberão
à sombra da tua mão,
e que perdura
no teu olhar distante
até ao instante
em que, subitamente,
olhas para dentro de ti,
e vês que tudo canta ainda,
que o ar ainda é leve,
que o sol ainda morre nos lábios
nas longas manhãs de verão,
e que na terra,
também os navios ardem
a caminho da água.


Rossana,

Até de um fiozinho de nada fazes poesia de rara beleza, como se a tua lágrima tão frágil se transformasse num lindo cristal, e a sua mudança nos tocasse a todos, entornando-nos a alma. Lindo, lindo poema.
Beijo molhado.

tonhOliveira disse...


no chorinho → lagriminha!

Triste, mas belo.

Beijos!

Mirse Maria disse...

Lindo Rossana!

Triste, mas de uma BELEZA RARA ESSE POEMA SALGADO DE UMA FURTIVA LÁGRIMA!


Aplausos, poeta!

Beijos

Mirse

BAR DO BARDO disse...

Oi, Ross!

Boas imagens para tema tão doloroso.

Bom dia!

Lara Amaral disse...

Bonita imagem que seu poema nos traz, Rossana! Beijos.

Tiago F. Moralles disse...

O silêncio é bom pra ouvir o choro.

Lelli Ramz disse...

Lindooooooooooo


nossas lágrimas...

bjinhus, lágrimas e sorrisos

Lelli

Amiga do Cafa ( Celamar ) disse...

Esvai-se....
Lindo ! Lindo !
Poema para se ler " rezando".
A foto está linda. O verde deu muita vida a tudo.
Amei.
Bj

Flavio Ferrari disse...

Xô, choro
Lá, lágrima
Cá, canto ...

j. monge disse...

Lindo!
Tudo alimenta a tua caneta. até o mar pequenino que tens atrás da retina...

Beijo, poeta!

Miltextos disse...

Triste. Lindo. Triste...

Batom e poesias disse...

Daniel,
Temos que encontrar beleza até na dor. Especialidade de poetas, na qual tento humildemente me incluir.
Bjs



Mário,
Cada vez que escreves, não me resta muito a dizer a não ser agradecer.
Bjs



TonhO
Seu comentário me fez dar um sorrizinho.
Bjs



Mirse,
Lágrima nem tão furtiva assim, já que compartilho com vocês. Grata pelo elogio amigo.
Bjs



Prof.,
Nem dói tanto assim. Acho que é só um melindre.
Bjs



Larinha,
Eu fico feliz que tenha gostado, querida.
Bjs



Tiago,
Gosto de ouvir choro de ninguém, não... rss
Muito menos o meu.
Bjs



Lelli,
Bem vinda! Chore não. É só um poeminha.
Bjs



Celamar,
Então rezemos para não termos muito o que chorar, só a comemorar.
Bjs



Flávio, simplesmente genial o seu “hai kai” .
A-do-rei !!!
Bjs

João,
Meu poeta do “além- mar”, sempre uma honra tua presença em minha casinha.
Mais honrada ainda quando gosta.
Bjs


Miltextos,
É triste sim. Queria que fosse tão diferente...
Bjs

Adriana Karnal disse...

é preciso ter olhos cristalinos pra ver o choro assim- um chorinho..lindo!

mirian disse...

que espetacular bom gosto:
"me faço gua salgada..."
arrepia mesmo...
beijos

Batom e poesias disse...

Adriana
Você tem esses olhos de ver, sentir e entender.
Fico feliz que achou bonito.
bjs

Batom e poesias disse...

Miriam
As lágrimas são como um temperinho.
Sal a gosto.
Bjs amiga

Lai Paiva disse...

Rossana, eu estou meio assim: água salgada que bóia dos olhos da minha própria alma. Muito bonita sua escrita!

E obrigada pela visita e pelas palavras tão significativas.

Nathália :) disse...

Uma ótima definição das lágrimas =)

Mai disse...

Salinas e o sal da terra.
Lágrimas e poesia. Batom e poesia.
A vida que segue.
Chorinhos genuinamente brasileiros.
Andas escrevendo com muita beleza.
Palavras que tocam, sem drama, os dramas da vida real.

Carinho,

Batom e poesias disse...

Lai, Nath e Mai
(Rimou...)
Muito grata pelas visitas e pelos comentários carinhosos.
bjs

Whesley Fagliari disse...

Simplesmente magnifico!


Lindo! Lindo! Lindo!

Aplaudo a tua poesia de pe.... sempre1

Luz e paz!

Com carinho e saudade,
Whesley

Batom e poesias disse...

Grata querido amigo Whesley.
Mas "magnífico" é demais pra mim...rss
Grande beijo