terça-feira, 15 de setembro de 2009

Paranóia


Esse cartum é uma lembrança inestimável da minha adolescência

Em minha psicose crônica
e sintomática
Me sinto perseguida por poesia
Defasada da realidade
Sou dramática
Incoerente
cheia de mania
Tenho doce personalidade
Mas carrego em mim
um pouco do demente
De convicções suspeitas
e anormalidades
Com defeitos pessoais
e socialmente
Melindro-me
sensível e desconfiada
Meu isolamento
é bem perceptível
E estão em todos
os meus sinais
E nesse meu
comportamento
discutível
Multicolorido e dicróico
Não passo de um cartum
uma chacota
Sou como Ubaldo
- o paranóico - .

.
.

33 comentários:

Flipmora disse...

Somos todos assim... Alguns só não souberam descobrir, interiorizar e expressá-lo, ocupados a discutir o comportamento multicolorido e dicróico dos outros... Vou passando. Gostei.

Mai disse...

ADOREI
saber que única - incomum - diferente, você é igual a: eu, ele, eles...
Acho que existem grupos que, como você, são assim, os que só conhecem um lado de si e os que, ainda sequer se conhecem.
Bem, Rossana, pessoas de verdade são assim.
Raras são aquelas que ficam nuas assim, no chão do mundo sem fronteiras.
Prazer em conhecê-la, somos semelhantes.

Beijos,

O Profeta disse...

Troquei as voltas a um Golfinho feliz
Afagei a cria de uma Baleia azul
Confundi uma nuvem com ilha encantada
Perdi-me na rota entre o Norte e o Sul

Aprisionei o olhar de uma gaivota
Enchi a alma com penas de imensa leveza
Enchi o coração de doce maresia
Adormeci nos braços da incerteza

Vem viajar comigo no meu barco de papel


Boa semana

Doce beijo

BAR DO BARDO disse...

A Ross ganhou presentinho do Henfil...

Parabéns!

Seus poemas são também presentes para nós, seus humildes leitores...

tonhOliveira disse...

Eras tu, Paranóica?

Saudoso Henfil, Ubaldo
e o Tarik de Souza? (co-autor)

Bons tempos!

Beij♥s!

Lara Amaral disse...

hahaha... que graça de cartum e que beleza de poema. Os artistas são assim, aparentemente confusos, mas sabem bem o que querem. Esse transe poético é só para confundir os "normais" =). Beijos, Ross!

Adriana Karnal disse...

Rossana, teu insight de ti é impresssionista...o cartum é ótimo, não é paranóico.

Fred Matos disse...

É um ótimo poema. Ficção de primeira qualidade.
Beijos

mirian disse...

adorei o poema !!!
naquele dia q vc me mostrou o cartoom, eu pensei: até o Ubaldo tá apaixonado por vc.....e a muito tempo desde 1980 !!!!rrssss

mil beijos

Miltextos disse...

Acredite, se puder: o texto que estou escrevendo:

Saudades do tempo em que...

... lugar de passear era no parque
... a poesia era escrita em guardanapos
... nosso maior medo eram as provas de gramática
... a televisão era em branco-e-preto
... se andava de bonde do centro ao bairro
... namorar era pegar na mão e dar cheirinho
... o Henfil era vivo
...

Batom e poesias disse...

Mal dou conta do meu comportamento,
Flipmora... Que dirá do dos outros!
Grata pela visita e volte sempre.
bjs

Batom e poesias disse...

Mai, querida!
Estava com saudades.
Não sei se entendi tudo o que disse, mas gostei da parte em que "somos semelhantes"...
Um beijão!



Henrique
Viu só, que importante?
Um presente do Henfil não é pouca coisa, não.
Humilde leitor...rss.
É exatamente o contrário , Prof.
Uma beijoca paranóica!



TonhO!!!
Soy yo.
Tempos de grandes nomes como o Tarik, claro.
Um beijo colorido como sua arte!

Batom e poesias disse...

Lara, Larica...
Acho que sou louca e quero todo mundo junto comigo, nessa...rss
Um beijo menina!

Batom e poesias disse...

Profeta
Lindo poema.
Agradeço a visita e o presente
Bjs

Batom e poesias disse...

Insight impressionista é muito bom, Adriana.

Paranóica só um pouquinho,
na medida que não chega
a incomodar o vizinho...

Uma beijoca querida!

Batom e poesias disse...

Que bom que gostou Fred, e gratíssima por achar que é ficção...
Me dá esperanças..rss

Um beijão

Batom e poesias disse...

Miriam
Eu era muito nova para o Ubaldo na época, mas se fosse hoje, eu seria a mulher certa para ele...rss
beijos amiga!

Batom e poesias disse...

Acredito poetinha.
Essa sintonia não terá fim?
Só falta dizer que foi para Roraima também...rss

Beijo

Mário Lopes disse...

Pois...Mas são estas "fraquezas" ditas com tanta franqueza que te guiam e te fazem forte. E ainda tens o dom de fazer autêntica poesia delas e de a dares de presente a nós! E a mim, em particular, que não conhecia Henfil, fizeste com que conhecesse alguns dos seus cartoons e escritos: "...É necessário abrir os olhos e perceber que as coisas boas estão dentro de nós: onde os sentimentos não precisam de motivos nem os desejos de razão. O importante é aproveitar o momento e aprender a sua duração; pois a vida está nos olhos de quem sabe ver..."
Vais ter-nos junto de ti longamente, minha querida, como se fôssemos borboletas ao redor do candeeiro: os teus "defeitos" e "melindres" são a luz que nos cativa para ainda gostarmos mais das tuas virtudes!
Beijo de luz.

Amiga do Cafa ( Celamar ) disse...

Quem não é assim vez ou outra ?
O importante é que a gente reconheça nossos defeitos e melhor, para quem tem talento, faça deles BOA poesia.
Grande beijo !

Marcos Satoru Kawanami disse...

fiquei com medo de ti, quase não comentei.

mas gostei do modo de rimar, um modo casual.

Stella Tavares disse...

Somos múltiplas faces que se alternam. Acredito que acontece com todos ainda que seja por alguns momentos. Suas palavras são fortes, expressam com tamanha força, exalam. Sempre incrível ler você.
Bjs.

Ariana disse...

Adorei a imagem... e também a poesia personalizada... e quem não é meio assim, meio assado, mais ou menos coerente e um pouco demente, rsrsrs.

Beijos e uma ótima quarta pra ti!

Batom e poesias disse...

Mário
Sem palavras...
bjs

Batom e poesias disse...

Celamar, é que eu adoro um drama...
beijinhos

Batom e poesias disse...

Marcos
Já te conheço pelos comentários engraçados no blog do Pimenta.
Tenha medo não...
Sou só como o carcará, mas se você voltar, prometo me controlar!
bjs

Batom e poesias disse...

Fico contente que tenha gostado e compreendido Stella.
Um beijo.

Batom e poesias disse...

Que não for, que atire a primeira pedara, Ariana.
Beijocas.

Daniel disse...

Olá, acabei encontrando seu blog e achei bem legal.

Inclusive, sobre a postagem, acho que todos nós somos um pouco paranóicos, mas muitas pessoas tentam não deixar esse lado aparecer usando máscaras. O meu está a mostra.

Valeu

Renata de Aragão Lopes disse...

Excelente!

Que prossiga
- perseguida pela poesia! : )

Um beijo,
doce de lira

Batom e poesias disse...

Ei Daniel!
Que bom ser encontrada e que bom que gostou.
Seja bem vindo e volte sempre!
bjs

Batom e poesias disse...

Que beleza de profecia, doce Renata.
Que assim seja!
Beijos

O que elas estao lendo!? disse...

Oi, tudo bem?

Sei que você é seguidor/a do blog e gostaríamos de te convidar a fechar este ano conosco com uma resenha sua para o nosso cronograma de fim de ano.
Sim, já estamos trabalhando com as resenhas para o último mês desse ano e os seguidores do blog sao os nossos convidados.

Você poderá fazer uma resenha de algum livro que você já tenha lido; Que tenha gostado ou nao.

Mas antes dá primeiro uma olhadinha no nosso arquivo para nao enviar uma resenha que já tenha sido postada.

http://oqueelasestaolendo.blogspot.com/2008/04/o-que-elas-esto-lendo.html

Obrigada Georgia e Flávia