sexta-feira, 11 de dezembro de 2009

A natureza humana




A natureza humana
desperta-me espanto
Os desejos bizarros
provocam-me desencanto
As vezes até me comovo
com a infinitude das dores
Mas ando mais assombrada
E enojada amiúde.
Confiro autenticidade
a toda forma de expressão
Censura, jamais!
Nunca mais!
Ainda assim me engulha
algumas manifestações
Tem quem se identifica
com perversidades
perfídias e perversões
Sei que pra tudo tem gosto
Aguda devassidão
Mas diante do indivíduo
humano descomposto
Meu lírico coração
se avexa
de desgosto.

Freud! Me explica?

18 comentários:

Mirse Maria disse...

Oi Rossana!

E precisa de Freud? Você é humana, e um ser humano de excepcional sensibilidade, coisa que nem Freud tinha!

Além de jumana, é mulher e é poeta!

Tenho grande admiração por você, amiga! Mas o mundo está mesmo em estado do coma!

Beijos

Mirse

Lara Amaral disse...

Então somos duas que se avexam.

Quem sabe não fiquemos intrigadas assim por muitos exagerarem dizendo que querem melhorar as coisas, quando só querem mesmo uma boa farra ou motivo para matar aula, rs.

Excelente, poema! Vc sempre detona!

Batom e poesias disse...

Mirse,

Tudo é pretexto para escrever um poeminha.
Que bom que veio e a admiração é recíproca.

bjs

Batom e poesias disse...

É um pouco mais sério que isso Larinha.
Mas eu gosto tanto quando você gosta...

bjcas

Eraldo Paulino disse...

Eu prefiro acreditar que a natureza humana é aterradora mas também pode ser emocionante. Basta que cada um e cada uma, num mar de odores, prefiram escolher os perfumes.

Bjs!

Dilberto L. Rosa disse...

Apesar de em outro tom, teus versos continuam a entoar gostosas e reflexivas mensagens... A devoção quase religiosa do amor no 'post' anterior e o dizer de protesto de agora parecem marcar uma nova fase em teus textos, digamos, mais descompromissada agora.

Apesar de sumida das paragens dos Morcegos há tanto tempo, abração!

Batom e poesias disse...

Dilberto

Eu gosto de passear por vários assuntos e estilos, mas "paixão" é um tema tão comovente que por vezes me torno repetitiva.

Desculpe a ausência, já tô visitando os morcegos...
bjcas

Batom e poesias disse...

Eraldo,
A humanidade é mesmo comovente, mas também assustadora, quando é perversa.

Prefiro almas perfumadas.
Um beijo

Ribeiro Pedreira disse...

O homem é cheio de subterfúgios, surpresas, chiliques, mistérios e outras "cositas". Não há o que explicar, e sim aturar, odiar ou amar.

Mário Lopes disse...

Servindo-me de Mark Twain: "É curioso que no mundo a coragem física seja tão comum e a coragem moral tão rara."
E levando as palavras de uma poetisa portuguesa de quem eu gosto muito-Maria Teresa Horta-eu dir-te-ia, querida Rossana, que o amor fica-te justo, porque só vestes a paixão de corpo inteiro.
E contar-te como é reconfortante saber que és assim.
Lindas as tuas palavras!
Beijo doce, para ti.

Batom e poesias disse...

Ribeiro,
Amo, desamo e as vezes me irrito... Mas ainda não aprendi a odiar.
Ainda...

besos

Batom e poesias disse...

Mario,

Ando prescisando mesmo vestir algo confortável para a alma.
Feliz que gosta.

bjs, querido.

Wania disse...

Rossana

Nem Freud explica.... ele deve estar perplexo isso sim!
A natureza humana, às vezes de humana não tem nada!

Linda poesia, como sempre!
Gosto muito da tua escrita, minha Amiga!

Bjão

Batom e poesias disse...

E eu gosto muito da sua, Wania.
Isso não é uma delícia?
"Poetemos" então pela vida a fora...

bjs

Reflexo d Alma disse...

Delicia de postagem
pra refletir...

Bjins entre sonhos e delírios

Ahh sim
há postagem nova
la no blog.

Batom e poesias disse...

Muito grata "Reflexos".
Já fui e gostei muito do seu blog.
bjs

O mar me encanta completamente... disse...

Hoje não vim comentar poeta, embora não tem como não faze-lo, sempre emocionante te ler... Vim agradecer seu carinho, sua presença sempre tão benfazeja... Sua amizade, que me é tão importante... Que a virada do ano, não seja apenas mais uma data, Mas um momento para repensarmos... Abra seu coração para as alegrias do Novo Ano... Tempo de compartilhar com a família, os amigos, E estarmos com eles, o ano inteiro, a cada momento... Que o abraço aconchegante e o sorriso sincero, seja constante. Sonhe muito... Os sonhos fazem o espírito renascer nos envolvendo com um laço de esperança e renovando a força e a coragem para buscarmos os nossos verdadeiros ideais... No próximo ano, que os seus sonhos lhe sirvam de inspiração para realizar e sentir que a vida é um presente de Deus. Que todos os dias do Ano Novo sejam especiais para você! Beijo Glória Salles

Batom e poesias disse...

Grata Glória.
Tudo de bom procê tb.
bjs