domingo, 21 de fevereiro de 2010

Novos tempos

Gustavo Rosa

Reinventarei um novo tempo

[paralelo]
em que minha alma
há de ser recipiente
de resignação

Um pote cheio
de compreender

Aos que me preteriram
não plantarei mágoas
ou regarei rancores

Sou do tipo que quer paz
a liberdade que cede
concede
que perdoa
Tenho o coração macio

Soarei em silêncio
por poemas
e protegerei como mãe
lembranças boas.

Rossana Masiero

49 comentários:

Anônimo disse...

Que lindo...
sim, sem mágoa, sem rancor...
perdoar...sim
amar...
cuidar, proteger...
tudo sublime
beijo, feliz domingo
Lu

tonhOliveira disse...



Também quero esta LEVEZA!

♫ No novo tempo, apesar dos castigos
Estamos crescidos,
estamos atentos,
estamos mais vivos ♪

Bj♥!

Wania disse...

Rossana querida!

Que bom se pudéssemos viver, paralalemente, neste teu NOVO TEMPO... a vida ia ser tão boa, tanto quanto um colinho de mãe!
Eu sigo acreditando...

Olha, que teu coração é macio, isso nem precisava dizer... eu sinto!

Bj grande

Wania disse...

Rossana, voltei pra dizer que a tela do Gustavo Rosa é linda e "fechou" muito bem com a tua poesia!

Bj

BAR DO BARDO disse...

sim, adorável!

beijo, ross!

Mai disse...

É tudo quanto desejo e preciso.
Compartilhemos, amiga, homeopaticamente.
Beijos e boa semana

Batom e poesias disse...

Sublime é esse teu comentário, Lu.
Grata por vir.
bj

Batom e poesias disse...

Pra sobreviver, TonhO.
Pra sobreviver...
Um beij♥, meu querido.

Batom e poesias disse...

Corações macios, são mais flexíveis e portanto, tornam-se mais resistentes, Wania.

Que bom que me sente assim.

Um beijo amiga linda.

Batom e poesias disse...

Não se engane, Prof.

Sou um pouco malvadinha também... Mas sempre tentando melhorar.

Um beijo, Henrique.

Batom e poesias disse...

Não é mesmo, Mai?
Curar-se com a própria substância...

Em pequenas doses poderá curar nossa alma. Compartilhemos sim.

Estava com saudades de você.

beijão

Leonardo B. disse...

[reverso de verso é espelho ao contrário, num eterno paralelo, meridiano vário... esse equador imaginário onde a letra se adormece]

Abraçimenso

Leonardo B.

Batom e poesias disse...

Que a letra não adormeça, Leonardo, pois que não há de haver descanso de poemar.
Irreversível...

Adorei.
Imensoabraço.

RUBENS OFICIAL disse...

Parabéns pelopoema, Rossana.
Que Deus conserve você sempre com o "coração macio". Que lindo!
Abraços.

Batom e poesias disse...

Que Deus conserve, Rubens.
Grata pela visita e comentário.
bjs

Flavio Ferrari disse...

Coração macio ???? Gostei disso.

Léo Santos disse...

Excelente! "e protegerei como mãe lembranças boas" Muito bom! Poeta é Poeta né? Queria ser como tu!

Um abraço!

Batom e poesias disse...

Sou eu, Flávio.
Dess jeitinho mesmo...

bj

Batom e poesias disse...

Para, Léo!
Senão vou acreditar...rss
bjs

Miltextos disse...

É engraçado... deu vontade de saber latim ou grego - e escrever uma daquelas frases que viram lemas. Protegerei como mãe lembranças boas. Uma odisséia.

Eraldo Paulino disse...

E eu como amigo te direi que você comete o erro de ser perfeita.

Bjs!

Francisco de Sousa Vieira Filho disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Francisco de Sousa Vieira Filho disse...

Auto-brigafia d´alma musicada... beleza, musicalidade e leveza...
;)

Batom e poesias disse...

Jorge,
Προστατέψτε καλές αναμνήσεις ως μητέρα.

Saudade

Batom e poesias disse...

Eu nunca erro, Eraldo.

Imperfeitíssima!
Ainda bem.

bjcas

Batom e poesias disse...

Francisco
É um grande elogio, você ter percebido música no meu poema.
Fiquei contente.

bj

Thiago Elloard disse...

Eu seria diferente. pelo menos uma maldade iria querer fazer, um pouco de inferno. Seria como acender um cigarro em meio de uma mata verde, catando a binga, é claro.

Estela disse...

Oi Rossana,
Adorei a foto do perfil, você está muito bonita.
Então você também gostava de subir em árvores:! Que tempo bom...não é mesmo!?
Cristina Siqueira está bem,falei com ela logo depois da cirurgia. Agora ela está em casa se recuperando e, daqui a algum tempo estará de volta à blogosfera.
Bjs.

Lara Amaral disse...

Voei junto com seu poema, com essa imagem e pousei nos seus sonhos...

Beijos!

Batom e poesias disse...

Thiago, isso é extremamente humano...
Grata por vir e comentar.
bjs

Batom e poesias disse...

Estela, que criança nunca sonhou em morar numa casa nas árvores?

Grata por notícias da Cris.

Um beijinho carinhoso e faceiro.

Batom e poesias disse...

Larinha,
Poesia tem asas.
Um beijo no c♥ração.

Akhen disse...

Uma pergunta:

Se não fosse assim, dormia descansada?
É assim que a poesia nasce.

Pas e Luz no seu caminho

Batom e poesias disse...

Boa pergunta Akhen.
Acho que não dormiria, pois é da inquietude que a poesia nasce e preciso dela para viver.

Volte sempre.
bjs

Lai Paiva disse...

Que lindooooo. Adorei cada verso. Bjs

Flavio Ferrari disse...

Estou curioso para saber sua idade ...

A.Tapadinhas disse...

Nestes tempos conturbados, em que a regra é olho por olho, dente por dente, é reconfortante saber que há alguém que é capaz de encarar os problemas e resolvê-los com o
"coração macio"...

E, tudo isto, escrito com uma beleza que me deixa siderado!

Por mim, está mais do que perdoada, abençoada!

Beijo,
António

Mirse Maria disse...

Que lindo, Ross!

Depois de terminada esta arte da reinvenção do tempo, será que partilharia um pouco comigo?

Poemas sei que sempre farás e os mais belos, como este!

Beijos querida!!

Mirse

Fred Matos disse...

Tão belo o poema, e belos os sentimentos que transmite.
Parabéns, Rossana.
Beijos

Batom e poesias disse...

Lai,
Fico contente de montão por ter gostado.
Um beijão.

Batom e poesias disse...

Flavio,

"Sou mulher como outra qualquer.
Venho do século passado e trago comigo todas as idades".
(Cora Coralina)

Bjs

Batom e poesias disse...

Minha amiga Mirse,
Partilho com você todo o amor pela poesia, e o que mais vier de bom.
Estava com saudades.
bjs

Batom e poesias disse...

Ei Antonio,
Te conheço lá do "Arguta".
É uma honra te receber em minha casinha de poemas.
Mais feliz ainda por ter gostado.
Volte sempre.
Bjs

Batom e poesias disse...

Fred
Fico sempre feliz quando me visita e ainda mais quando gosta.
bjs, querido.

Geraldo de Barros disse...

a poesia sempre nos leva a caminhos incríveis nem sempre certos, nem sempre fáceis, mas o caminhar na poesia é sempre tão gratificante ao ponto de nos despir de preocupações como ficar ou chegar, é tão importante esse passar, caminho contigo, te sigo para não mas te perder =)

lindo espaço!

um abraço,
Geraldo.

Batom e poesias disse...

Oi Geraldo!

Bons ventos o trazem...
Li seu poema no blog da Larinha.
Bom demais.
Grata por vir.

bjs

Adriana Godoy disse...

Rossana, lindo esse poema.Dá uma vontade mesmo de continuar. Sempre leio seus poemas,mas nemsempre comento. Gosto muito de seu espaço. beijo.

Batom e poesias disse...

Gosto que goste, Adriana, e saiba que gosto muito do seu também.
A gente se segue...
Grata por vir, querida.
bjs

Miltextos disse...

Aperta a tecla SAP para mim...

Προστατέψτε καλές αναμνήσεις ως μητέρα.



???