quarta-feira, 26 de maio de 2010

das variantes


Reverencio gotas
sopros e vapores
Energias inalcançáveis
impalpáveis
invisíveis
Tento tocar o intangível
a demente...
Quanto mais impossível
mais seduzida
Cobiço o imensurável
Ardo pelo inusitado
Anseio pelo insustentável
E caminho por pontes
instáveis e inseguras
a imprudente...
Faço questão
de ser suspeita
por andar inabalável
e fora de prumo
à margem do mundo.

Rossana Masiero

28 comentários:

Ribeiro Pedreira disse...

demente... imprudente...
IMPLACÁVEL!!!

tonhOliveira disse...



Ah esta teimosia que habita-nos!

Anjo torto!

beijos!

BAR DO BARDO disse...

Meditação pura.

Manda bronca, mas em silêncio...

Bia Maia disse...

Rossana querida!

Amo esta corda-bamba da vida!
É completamente sedutor viver assim!De outra forma, seria monótono demais!

beijos!

Bia

vanessacamposrocha disse...

pelo desconhecido afora, levamo-nos para dentro!

Lara Amaral disse...

Nossa, só vc mesmo para descrever nossas almas enviesadas, Ross. Sou sua fã e faço coro com vc.

Beijo!

Fouad Talal disse...

Demente ou de corpo, sejamos suspeitos...

Você é.

Beijo Ross!

Eraldo Paulino disse...

Não há liberdade sem desobediência, né?

Eu sempre desobedeço, principalmente aos nãos cínicos femininos...

Bjs no batom!

Mirze Souza disse...

AMEI!

Ross, a cada dia me surpreendo e me prendo à sua poesia!

Beijos

MIRZE

Geraldo de Barros disse...

também ando à margem do mundo, nos bolsos apenas poesia, posso te fazer companhia nessa caminhada? ;)

do lado de cá um beijo meu,
Ge.

Batom e poesias disse...

Ribeiro,
só comigo...

bjs

Batom e poesias disse...

Tortíssimo, TonhO!

E teimoso mesmo...
bjcas

Batom e poesias disse...

Tenho um mantra pessoal, Henrique.
bjca

Batom e poesias disse...

Tem toda a razão, Bia.
Mas é tão bom descansar um tantinho...
bjs

Batom e poesias disse...

Vana
Como é difícil nos ver por dentro.

saudadinha.
bjs

Batom e poesias disse...

Lara
Sinto que temos almas semelhantes.
Bjs, minha linda.

Batom e poesias disse...

Você também, Fouad.
Suspeitíssimo...
:)
bj

Batom e poesias disse...

Eraldo

Ainda bem que é desobediente!
Sem cinismos, acho a perseverança uma grande qualidade.
:)

bj

Batom e poesias disse...

Minha irmãzinha Mirse!

Fico toda feliz de conseguir surpreender-te ainda.
De verdade!

Beijos

Batom e poesias disse...

Querido Geraldo,
Vambora!
bjs

Miltextos disse...

A ética do silêncio gritado. Lindamente... e com direito ao revertério.

Juan Moravagine Carneiro disse...

Ou seja...és humana!

Impossível ficar indiferente ou nõa se ver em seu escrito...

abraço!

Batom e poesias disse...

Jorge, que foto linda!
bj

Batom e poesias disse...

Juan, se algum dia ficar indiferente, me avise...

Não valerá mais a pena escrever!

bjs

Danilo de Abreu Lima disse...

andar à margem
no instavel
adornecer
no fio da navalha
experimentar sentimentos
estranhos e extremos
essa a graça a garra
esse o domn de viver
e de dizer:
vivo.
abraços do leitor
danilo.

Batom e poesias disse...

Oi Danilo.
Que bom que veio e escreveu coisas tão pertinentes e verdadeiras.
Viver inteiro é experimentar todos os sentires.

Adorei seu comentário!
Venha sempre.
Abraços

Rodrigo Braga disse...

Lindo, lindo! Existencial e Profundo!

Batom e poesias disse...

Rodrigo, vou acabar acreditando...
:)
bjcas