quinta-feira, 9 de junho de 2011

escapulindo...

Nicola Novotny

Com um dos pés
sempre para fora
Estou sempre
quase indo embora
Estou quase
sempre de partida
Muito embora
eu fique por ter
um deles plantado
Quanto mais fundo
me crescem as raízes
Mais volátil e dispersa
eu me comporto
nesse mundo
E mais camaleônica
tornam-se minhas
matizes.

29 comentários:

Eraldo Paulino disse...

Se quiser fugir eu me comprometo em ser teu cúmplice. =)

Bjs no batom!

dade amorim disse...

Um sentimento bem humano, esse de estar "quase indo embora". Um belo poema.

Miltextos disse...

De raízes e de matizes vivemos nossas cores e dores... Intensamente.

Celso Mendes disse...

a constante e contínua adaptação à vida nos obriga a eternas partidas, mudanças e mimetismos...

lindo!

beijo.

Ribeiro Pedreira disse...

"diz lá pra Dina que eu volto
que seu guri não fugiu
só quis saber como é, qual é
perna no mundo sumiu"

(Gonzaga Jr.)

Runa disse...

Nenhuma raiz pode impedir o pensamento de voar...


Abraço

Runa

Weslley M. Almeida disse...

Oi, oi, poetisa.
Gostei da concreção da idéia na grafia.
E as raízes... só se aprofundam p/ nos dar asas!Paradoxal como a vida...!

byTONHO disse...



♫ Queres que eu te diga, qual é o melhor lugar do mundo?
Vou te dzer!
O melhor lugar do mundo é...
dentro de você...♪

Esca.pule.lindo, lendo outras cores!

:o)

Nielson Alves disse...

Pleno pura poesia, lindo fácil de se perder...beijos saudade

Lara Amaral disse...

Um pé lá, outro aqui, dividida em hemisférios, em fusos, difusa. Sei bem como é...

Só não fuja da gente, rs.

Beijo, alminha!

cristinasiqueira disse...

Oi Ross,

É assim escapulindo que vou me tingindo de mundos.Agora aqui em sua casa,em suas cores,do seu gosto,bom gosto.
O blog esta lindo,chic,gostoso de ser levada pelo espaço.
E o poema é lindo...indo...


Cris

Apareça

Cris de Souza disse...

muda de cor,
troca de pele
- que me leve!

beijo, rou rou.

Batom e poesias disse...

Eraldo,
pra onde haja um tobogã onde a gente escorregue...
:)

bjs

Batom e poesias disse...

Grande verdade, dade...
:)
Grata.
bj

Batom e poesias disse...

Jorge...

Matizes e raízes...
bjs

Batom e poesias disse...

Celso
Sempre escapulindo...

bjs

Batom e poesias disse...

Isso é do meu tempo, Dado...rss
Adoro!

bjs

Batom e poesias disse...

Runa
Como é que a gente voa quando começa a pensar...

bj

Batom e poesias disse...

Wesley,
ando contente com sua presença.

bj

Batom e poesias disse...

Tonho
Sua presença é música
♫♪♥

Bjs

Batom e poesias disse...

Nielson,
Verdade que andamos sumidos.
Saudades tb.

bjs

Batom e poesias disse...

Fujo nunca, Larinha.
Perderia metade de mim...
:)

bj

Batom e poesias disse...

Grata pelas palavras, Cris.
Ando mesmo com saudades de ti.
Vou aparecer.

bjs

Batom e poesias disse...

Cris de Souza

Quase uma cobra, se não tivesse asas... rss

Vambora...
bjs

MIRZE disse...

Lindo, Ross!

Há tempos não leio nada com tanto bom senso. E essa palavra é sagrada. A opção de mudar matizes, perfeita;

Eu escapo.

Beijos, linda!

Mirze

Batom e poesias disse...

Mirze, minha querida,

O bom senso me viria tão a calhar...
Um beijo

SolBarreto disse...

Lindo AMEI!!
Fico feliz ter conhecido esse cantinho!

Taís Morais disse...

Muito lindo!

te beijo

Taís Morais

Bruno Soft disse...

Bravo, bravo!!!!!