domingo, 11 de setembro de 2011

dúvida


Vai que esse poema
seja verso perturbado
e eu
equivocada
tento organizá-lo
Vai que esse apelo
seja vão de compreensão
enquanto arrisco
transcrevê-lo
Vai que esse ode
é anverso embaralhado
e torna-se avesso
E eu equivocada
e mal alocada
no universo
dos palavras
insisto no tema
das coisas
esquivas.

20 comentários:

Celso Mendes disse...

a dúvida é um universo para o poeta. e toda certeza é burra, afinal (e a palavra poética tem mais é que se esquivar dela mesma)

gostei muito do poema, Rossana!

beijo.

Flavio Ferrari disse...

Foi ! Bj.

Berzé disse...

Certo:vai q foi.Mas foi bem!
Berzé

MIRZE disse...

O importante é a flor que se abre ao se ler o poema.

Nunca vai dar errado. É seu, Ross!

Beijos

Mirze

byTONHO disse...



Vai Q... vem Q...
Q Q é isto?!

Vim com um Q!

Quem?
Qual?
Quando?

Duvido Q...

?o)

Cris de Souza disse...

não esquivo das entrelinhas...

beijo, rou rou!

Eraldo Paulino disse...

Adoro como você se projeta e se desvia ao mesmo tempo aqui.

Teu batom ta cada dia mais delicioso. Bjs nele!

Lai Paiva disse...

Lindo, lindo, lindo. Gostei demais... Vai que que esse foi o melhor... Bj

A.S. disse...

Por vezes, também o poema se agita e a palavra grita!...


Beijos,
AL

Batom e poesias disse...

Grata, Celso.Feliz por gostar.

bjs

Batom e poesias disse...

Bjs, Flavito.

Batom e poesias disse...

Valeu, Berzé.

Bj

Batom e poesias disse...

Mirze, você é muito fofa...

Bjs

Batom e poesias disse...

Tonh0, não me enlou Q ça...

bjca

Batom e poesias disse...

As entrelinhas são fugas, Cris...
Bjim

Batom e poesias disse...

Eraldo,
Assim você me constrange...rss

bj

Batom e poesias disse...

Lai,
que feliz eu fico, quando aparece. Mais ainda se gosta.

Bjs, querida.

Batom e poesias disse...

Albino,
é assim que poetas sobrevivem, né?

Bjs

Toninhobira disse...

Belo jogo com as palavras para falar da inquietação na poesia e com isto um interessante e elegante poema,brincando com as palavras.
Belo seu poetar inteligente,gostei daqui.
Vou ficar.
Um abraço terno.

Batom e poesias disse...

Grata Toninhobira.

abç