quarta-feira, 28 de setembro de 2011

Desilusão


A mansidão
dissimulada
oculta a ferocidade
das minhas descrenças
Suspeito até
certa demência
na ausência
de convicção
Um furor avassala
a minha alma
e imagina-se
camuflado
por detrás da
aparente calma
dos olhos meus
Ninguém sabe
que queimo...

27 comentários:

Phoenix disse...

ninguém sabe o que a alma sofre...

beijinho :)*

MIRZE disse...

ROSS!!

Você fica tão linda quando está desiludida e chateada! Acho que seu "avatar" é esse.

Beijos, lindona!

Mirze

Aline disse...

é, seu avatar é esse!: Intensa.

que bom.

Zélia Guardiano disse...

Ninguém sabe que queimo...
Ah, Rossana, minha querida amiga, grande poeta... Quanto incêndio dentro de nós, e nenhum passarinho, que seja, fazendo a sua parte, carregando água no seu biquinho...
Lindissimos versos!
Beijos preenchidos de carinho...

Celso Mendes disse...

Há incêndios que nos queimam em silêncio, na calmaria de tardes insanas.

gosto de sua pegada poética. belo poema.

beijo.

Domingos Sávio disse...

e imenso fogo
e tal doçura
...


Beijo carinhoso.

Mário Lopes disse...

"Ninguém sabe que queimo..."

Nada se esconde que não revele algo. A descrença que temos exalta a crença que temos. Do outro lado da esquina ardes. E pensas que ninguém vê. Mas há uma claridade que sempre escapa de nós. É por isso que o mundo nos ilumina.

Lindo o teu olhar, o outro poema lindo.

Beijo terno.

Primeira Pessoa disse...

e este é um incêndio inapagável,poeta.

fechou com chave de ouro.

Eraldo Paulino disse...

Certa vez um amigo meu me disse que gostaria de ter o poder de ler o pensamento das pessoas. Eu disse que tudo bem, até poderia querer, só não gostaria de ler os sentimentos... eu já não sei lidar com os meus.

Saudade.

Bjs no batom!

Lai Paiva disse...

Rossana querida,que bela forma de explicitar seu sentir. Beijo

MIRZE disse...

PARABÉNS, grande poetisa e cantora!

Que hoje seus sonhos sejam de luz e PAZ, MUITA PAZ!

Ah! E AMOR! MUITO AMOR!

Felicidades!

Mirze

byTONHO disse...



Chame os bombeiros!

:o)

Fouad Talal disse...

rapadura é doce, mas não é mole não

ou em outras palavras

godzilla não é taruíra não

bjo ross!

Batom e poesias disse...

Joana, cada alma com seus regates...
Bjs

Batom e poesias disse...

Mirze, bom seria um avatar mais feliz...
Grata pelo carinho.

bjcas

Batom e poesias disse...

Aline, gosto que venha.
bjs

Batom e poesias disse...

Zélia, eu adorei sua análise.
Bjs, querida.

Batom e poesias disse...

Celso, sua avaliação me é muito cara.
bjs

Batom e poesias disse...

O "adverso do oposto do avesso", Domingos.

bj

Batom e poesias disse...

O que esconde já se mostra...
Bjs, Mário.

Batom e poesias disse...

Roberto,
não tens noção como gosto de tua presença nesse meu cantinho.

bjs, querido.

Batom e poesias disse...

Os sentimentos são muito mais complexos, Eraldo.
Até porque, são eles que geram a maioria dos pensamentos...

Bjs, meu bem.

Batom e poesias disse...

Lai, é quase inevitável...
Bjcas

Batom e poesias disse...

Tonh0,
deixe queimar...

bjcas

Batom e poesias disse...

Fouad,
morro de medo de lagartixas também!

bjs saudosos

Maze Oliver disse...

Muitas vezes, a alma do poeta sobrevive de seus poemas!
Continue escrevendo. Nos deliciaremos com seus poemas.

Batom e poesias disse...

Grata, Maze.

Bj