quinta-feira, 21 de janeiro de 2010

Intuição


Matisse


Desfiz-me das relíquias
de ansiosas vésperas
que antecedem as festas
Arranquei a colcha
de cambraia cheirosa
Cingi as brancas rendas delicadas
Rasguei bordados
Quebrei o cântaro
que regava os sonhos
e apaguei as velas
Desfiz a mesa e azedei o vinho
Avulsa e livre
da expectativa
Já era noite quando compreendi
que nunca mais
vou te ver.
.

28 comentários:

Mai disse...

E os adjetivos foram-se e o vintage fez-se vinagre e a intuição foi o eufemismo da liberdade que fez-se poesia. Beijos, Rossana.

Batom e poesias disse...

Que lindo comentário, Mai.

Adorei ver sua carinha na foto.
Não combina com panelinhas na cabeça.
Linda, como tudo o que escreve!

bjs

Eraldo Paulino disse...

Interessante... hoje eu passei o dia refletindo sobre decisões difíceis, sobre fins e recomeços e toda a carga de responsabilidade que um sim ou um não podem trazer, e pra fechar o dia com chave de ouro, vou pra cama com seus versos ecoando em minha mente...

Acho que é bom começar mesmo me desfazendo das relíquias.

Delicioso, viu? Como sempre.

Bj-borra-batom!

Mirse Maria disse...

Desfazer....refazer, é difícil, mas necessário!

O tempo se encarrega de apagar da memória as coisas ruins e a liberdade que se alcança é puro êxtase.

Estou nessa, amiga e ansiosa para que o desfecho se complete.

Como sempre linda a construção e o lirismo que dá aos poemas.

Beijos

Mirse

Anônimo disse...

Triste quando tantos preparativos que eram para dois, sobram só para um se desfazer deles.

Linda escrita!
Beijos.

Fran carvalho disse...

Q profundo Rô!!!

Arrasou...+ doeuu!!!
aparece lá... tem textinho novo.
é o momento que tô vivendo.
vai la e deixa sua marca. bju

Batom e poesias disse...

Eraldo, é bom ter um relicário de coisas valiosas e boas. As ruins, joga fora.

Bom te ver aqui.

bjcas (de batom)

Batom e poesias disse...

Mirse,

Sei bem do que está falando, querida.
Bjs carinhosos

Batom e poesias disse...

Larinha,
Tua compreensão é tão grande para uma menina tão novinha, que só posso achar que você é um espírito muito antigo e sábio.

Linda!
bjs

Batom e poesias disse...

Vou sim, Fran.
E obrigada por deixar suas pegadas por aqui.

bjs

Wania disse...

Rossana querida!

Nós sempre esperamos até a noite para nos convensermos que não o veremos mais... triste desfazer a mesa... muito ja fiz isso, tenho cansado ultimamente, mas sempre acabo arrumando a toalha e colocando os pratos, os copos, os talheres outra vez!!!!!

Muita linda a tua poesia, me vi em cada palavra tua!

Bjão, amiga!

Batom e poesias disse...

Wania, não é interessante como a alma humana se identifica nas dores, nas alegrias, nos prazeres e nas frustrações?

Penso que essa é a grande missão da poesia. Promover essa cumplicidade.

Por isso é que nos seguimos com tanto carinho.
Um beijão e ótima semana.

tonhOliveira disse...



IntuIR!

Agora já não é... foi-se!

Beijos Rossana!

tonhOliveira disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Lai Paiva disse...

Caramba Rossana, que lindo!!! Tocante. Bjs querida

Adriana Godoy disse...

Belo e triste, mas maduro. Gostei muito. beijo.

Batom e poesias disse...

Ôooo TonhO...

Que só fique o que é bom de ficar.

E bom mesmo, é você por aqui, querido.

bjs

Batom e poesias disse...

Oi Lai...

Eu acho lindo se você gostou.
Que bom que veio.
bjcas

Batom e poesias disse...

Maturidade nem sempre é escolha, Adriana. Mas é bom quando tudo se acalma...

Gosto muito quando vem e comenta.
Bjs

Flavio Ferrari disse...

Livre da expectativa é ótimo ...

entremares disse...

E a palavra "Esperança"... o que significa?

Desfazemos a mesa, tiramos a toalha, os pratos, tiramos tudo... mas digam-nos, por favor, quando devemos deitar fora a esperança?

Tudo de bom para ti,
Rolando

Batom e poesias disse...

E não é, Flavito?
Sumido.
Bjs

Batom e poesias disse...

Somente livre da 'expectativa', jamais da 'esperança', Rolando

Ela está em mim e em tudo o que faço.

Por falar nisso, ESPERO que volte sempre!

Bj

Anônimo disse...

Obrigada, querida. Tomara que eu seja mesmo, e que eu possa adquirir sabedoria para evoluir mais, assim, precisarei voltar menos, né?

Vc é um anjo, beijos!

BAR DO BARDO disse...

Depois da trip, arrumar a casa para o novo amor.

Batom e poesias disse...

Lara, auanto menos precisar pisar por aqui, melhor.
bjs

Batom e poesias disse...

Antes preciso tomar uma dose no seu bar, Henrique.
bjs

Ianê Mello disse...

Desfazer-se pra refazer-se...

é a vida.

Muito bonito!

Bjs.