quinta-feira, 21 de janeiro de 2010

Intuição


Matisse


Desfiz-me das relíquias
de ansiosas vésperas
que antecedem as festas
Arranquei a colcha
de cambraia cheirosa
Cingi as brancas rendas delicadas
Rasguei bordados
Quebrei o cântaro
que regava os sonhos
e apaguei as velas
Desfiz a mesa e azedei o vinho
Avulsa e livre
da expectativa
Já era noite quando compreendi
que nunca mais
vou te ver.
.

28 comentários:

Mai disse...

E os adjetivos foram-se e o vintage fez-se vinagre e a intuição foi o eufemismo da liberdade que fez-se poesia. Beijos, Rossana.

Batom e poesias disse...

Que lindo comentário, Mai.

Adorei ver sua carinha na foto.
Não combina com panelinhas na cabeça.
Linda, como tudo o que escreve!

bjs

Eraldo Paulino disse...

Interessante... hoje eu passei o dia refletindo sobre decisões difíceis, sobre fins e recomeços e toda a carga de responsabilidade que um sim ou um não podem trazer, e pra fechar o dia com chave de ouro, vou pra cama com seus versos ecoando em minha mente...

Acho que é bom começar mesmo me desfazendo das relíquias.

Delicioso, viu? Como sempre.

Bj-borra-batom!

Mirse Maria disse...

Desfazer....refazer, é difícil, mas necessário!

O tempo se encarrega de apagar da memória as coisas ruins e a liberdade que se alcança é puro êxtase.

Estou nessa, amiga e ansiosa para que o desfecho se complete.

Como sempre linda a construção e o lirismo que dá aos poemas.

Beijos

Mirse

Lara Amaral disse...

Triste quando tantos preparativos que eram para dois, sobram só para um se desfazer deles.

Linda escrita!
Beijos.

Fran carvalho disse...

Q profundo Rô!!!

Arrasou...+ doeuu!!!
aparece lá... tem textinho novo.
é o momento que tô vivendo.
vai la e deixa sua marca. bju

Batom e poesias disse...

Eraldo, é bom ter um relicário de coisas valiosas e boas. As ruins, joga fora.

Bom te ver aqui.

bjcas (de batom)

Batom e poesias disse...

Mirse,

Sei bem do que está falando, querida.
Bjs carinhosos

Batom e poesias disse...

Larinha,
Tua compreensão é tão grande para uma menina tão novinha, que só posso achar que você é um espírito muito antigo e sábio.

Linda!
bjs

Batom e poesias disse...

Vou sim, Fran.
E obrigada por deixar suas pegadas por aqui.

bjs

Wania disse...

Rossana querida!

Nós sempre esperamos até a noite para nos convensermos que não o veremos mais... triste desfazer a mesa... muito ja fiz isso, tenho cansado ultimamente, mas sempre acabo arrumando a toalha e colocando os pratos, os copos, os talheres outra vez!!!!!

Muita linda a tua poesia, me vi em cada palavra tua!

Bjão, amiga!

Batom e poesias disse...

Wania, não é interessante como a alma humana se identifica nas dores, nas alegrias, nos prazeres e nas frustrações?

Penso que essa é a grande missão da poesia. Promover essa cumplicidade.

Por isso é que nos seguimos com tanto carinho.
Um beijão e ótima semana.

tonhOliveira disse...



IntuIR!

Agora já não é... foi-se!

Beijos Rossana!

tonhOliveira disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Lai Paiva disse...

Caramba Rossana, que lindo!!! Tocante. Bjs querida

Adriana Godoy disse...

Belo e triste, mas maduro. Gostei muito. beijo.

Batom e poesias disse...

Ôooo TonhO...

Que só fique o que é bom de ficar.

E bom mesmo, é você por aqui, querido.

bjs

Batom e poesias disse...

Oi Lai...

Eu acho lindo se você gostou.
Que bom que veio.
bjcas

Batom e poesias disse...

Maturidade nem sempre é escolha, Adriana. Mas é bom quando tudo se acalma...

Gosto muito quando vem e comenta.
Bjs

Flavio Ferrari disse...

Livre da expectativa é ótimo ...

entremares disse...

E a palavra "Esperança"... o que significa?

Desfazemos a mesa, tiramos a toalha, os pratos, tiramos tudo... mas digam-nos, por favor, quando devemos deitar fora a esperança?

Tudo de bom para ti,
Rolando

Batom e poesias disse...

E não é, Flavito?
Sumido.
Bjs

Batom e poesias disse...

Somente livre da 'expectativa', jamais da 'esperança', Rolando

Ela está em mim e em tudo o que faço.

Por falar nisso, ESPERO que volte sempre!

Bj

Lara Amaral disse...

Obrigada, querida. Tomara que eu seja mesmo, e que eu possa adquirir sabedoria para evoluir mais, assim, precisarei voltar menos, né?

Vc é um anjo, beijos!

BAR DO BARDO disse...

Depois da trip, arrumar a casa para o novo amor.

Batom e poesias disse...

Lara, auanto menos precisar pisar por aqui, melhor.
bjs

Batom e poesias disse...

Antes preciso tomar uma dose no seu bar, Henrique.
bjs

Ianê Mello disse...

Desfazer-se pra refazer-se...

é a vida.

Muito bonito!

Bjs.