quarta-feira, 27 de janeiro de 2010

Lagartixa



Algumas coisas em mim
já estavam afinal quebradas
e andam agrupando-se
assim
os fragmentos e lascas
E sem que eu nada faça
minha alma surpreendente
num fantástico concerto
conserta-se sozinha
recompõe-se
lentamente
E embasbacada
me percebo
inteira
novamente
Não obstante as cicatrizes
trincas e estigmas
e o rabo que deixei
para traz
Estranhamente
me reconheço
Esta também sou eu
definitivamente.

Rossana Masiero

27 comentários:

vanessacamposrocha disse...

lindo! várias faxetas de você mesma!
deixei um recado para você lá no meu blog: te mando o livro ´pelo correio ou talvez deixe na Literacia aí de São José na sexta. Que tal? Obrigada pelo apoio!
um beijo
Vanessa

Batom e poesias disse...

Obrigada amiguxa!
Um beijo.

Lady disse...

Amei, muito profundo e verdadeiro.
Bj

Batom e poesias disse...

Que bom que amou, querida.
Você é um anjo.

bjca

Lara Amaral disse...

Interessante analogia com a curiosa lagartixa!

Que possamos deixar esses rabos para trás e reconstruir novos sem tantas sequelas.

Beijos!

Eraldo Paulino disse...

Definitivamente, você é ótima. Principalmente de batom vermelho e versos apaixonantes. Irresistível quando se constrói e quando se reconstrói..

Bjs de borrar!

Batom e poesias disse...

Ando assim meio "réptil", Larinha.
bjs

Batom e poesias disse...

Como barracos nas favelas, Em eterna construção. Um puxadinho aqui, outro ali... rs

Ótimo que me ache ótima.
Definitivamente eu gosto.

bjs vermelhos

BAR DO BARDO disse...

Bastante criativa a imagem. A gente se desfaz aos poucos de tantas coisas aparentemente muito importantes.

Beijo, Ross!

Mai disse...

Reconstrução é uma boa palavra.Se os fins são dolorosos, os recomeços nos desafiam e, com ou sem cicatrizes, os tons de vermelho são quentes, vibrantes e arribam!!! A melhor sacada foi emprestar da lagartixa a sua melhor metamorfose. Viver vale à pena! Vibrei com o novo visual e a assinatura na íntegra, Rossana. Abraços, @miga.

Batom e poesias disse...

A imagem dbichinha ou a imagem poética, Prof?

Gosto quando vem, Henrique.
bjs

Batom e poesias disse...

Mai, você me encorajou a mostrar a cara..rss, mas não é o meu melhor momento.

Não foi a lagartixa que me inpirou. Ela se intrometeu no poema, e aí está...

bjs, amiga

Mirse Maria disse...

Ainda bem que a alma se recompõe , mas com sua poética, amiga....

Lindo poema, como tudo que faz é belo, quando venho aqui, sempre me surpreendo com a criatividade.

Parabéns, amiga querida!

Beijos

Mirse

Batom e poesias disse...

É esse seu coração de poeta que me lê com generosidade, Mirse.

Um beijo, amiga.

Wania disse...

Rossana

A gente tem um poder de reconstrução, que até Deus duvida...rsrsrs, ou melhor até nós mesmos duvidamos, às vezes...rsrsrs!

Bem, se a lagartixa não te inspirou, tudo bem, mas chegou em boa hora!!! Adorei a associação da imagem dela com a tua bela poesia...



Adoro este cantinho e as tuas poesias! Volto sempre!

Bjão

Batom e poesias disse...

A lagartixa acabou tomando conta e deu o nome ao poeminha, Wania.
Essas coisas sempre me acontecem...rss.
Que bom que gosta daqui como eu gosto da sua casa de encantar ventos e corações.

Bjs

José Viana Filho disse...

Lendo seus poemas, fica parecendo fácil escrever poemas. Mas não são...

Gosto dos finais do seu poema e dos temas interagindo com as figuras no post.

Ganhaste um fa de verdade!!!

Bjs e tenha um otimo final de semana!!

Batom e poesias disse...

Fico feliz José.
Que volte sempre e sempre...
bjs

tonhOliveira disse...



A arquiteta descobriu a engenheira?

Reconstruir-se...

Beijos!

Batom e poesias disse...

Parece que sim, TonhO.
Sem engenharia da boa, nenhum sonho fica em pé.

BeijOs

guru martins disse...

...és o reciclo
de tua própria
sucata...

bj

Batom e poesias disse...

Guru
Eu adorei isso.
Sou mesmo.

bjs

Rafael Perfeito disse...

Fantástica a comparação da alma com a lagartixa, ou, em Portugal, a Osga.
rs.
Se você se interessar, há um livro de um angolano, Agualusa, chamado "O vendedor de passados".

Há um lance fantástico envolvendo lagartixas...

Batom e poesias disse...

Oi Rafael,
Vou procurar aqui por São Paulo esse livro.
Fico feliz por ter vindo.
bjs

Stella Tavares disse...

Encantador! Desses que a gente lê, relê e mais se encanta. Como sempre acontece quando me encontro com suas palavras.
Bjs

Batom e poesias disse...

Stella
Estava com saudades de você.
Ando ddevendo visitas aos meus blogs "queridos"e o seu é um deles.
bjs

♡J♡A♡N♡E♡ disse...

Gostei muito do teu poema..te convido p visitar os meus sobre o mesmo "reptil"
http://lagartixaspoemaseoutrosinventos.blogspot.com/2010/03/disfarce.html