terça-feira, 9 de março de 2010

Passatempo


Passa a vida
Passa o tempo
Pulsa o peito
E não te esqueço...

Adormeço
Recomeço
Rimar... rima
mas é mentira

Não é físico
nem visceral
É cósmico
cívico
institucional

Espiritual

Pulsa o tempo
Pulsa a vida
Dói o peito
E não te esqueço...

Entristeço
Envelheço
Rima
e é verdade
É saudade

A vida passa
Passo o tempo

E não te esqueço...

33 comentários:

Fouad Talal disse...

tempo tem te ....

Se foi.

Um abraço! =)

Miltextos disse...

Passei pela ampulheta como passa a areia... curtindo cada grão.

Bela disse...

Lindo texto, devemos aproveitar cada segundo de vida!

Adorei o blog, parabens!

Isabela
http://nablogoesfera.blogspot.com

Flavio Ferrari disse...

Tá melhor do que o Caetano ... delícia de poema

Wania disse...

Doce Rossana


Esquecer é difícil...

Dói o peito
(...)
Entristece
Envelhece
(...)
e é verdade
É saudade
!


...saudade da purinha, e como dói esta danadinha!
Conheço bem este PASSATEMPO que não deixa o tempo passar!

AMEEEEEEEEEI!

Bjs

BAR DO BARDO disse...

Ritmo de roda - das cantigas...

Uma volta...

Mai disse...

Voltei ao tempo com pedrinhas a passar no zig-zague dos escravos de jó, por fim escravos das lembranças e do tempo que não deixa esquecer e passa.
beijos, Rossana

Mirse Maria disse...

Linda Ross!

Amei o poema, o jogo de palavras, mas saudade, é verdade...não tem remédio que passe!

Beijos.

Mirse

tonhOliveira disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
tonhOliveira disse...



saudade

não

saude

( ( (♥) ) )

:-)

Batom e poesias disse...

Fouad,
O tempo é rei, como canta o Gil.
bjs

Batom e poesias disse...

De grão em grão,
temos mil textos.

bjs, poetinha

Batom e poesias disse...

Grata por vir Isabela.
Vou conhecer seu cantinho também.
bj

Batom e poesias disse...

Flavito,
Até parece que acredito!

beijos

Batom e poesias disse...

E a gente passa a vida doendo...
Tem remédio pra isso, doutora?

Wania, querida.
Adoro sempre que vem.
bjs no ♥

Batom e poesias disse...

Henrique,

Muitas voltas...

"Rodamoinho, roda-gigante, roda pião, o tempo rodou num instante nas voltas do meu coração".

bjs

Batom e poesias disse...

Mai,
Ainda bem que temos memória, pois a lembrança é o que fica quando tudo passa.

Adoro quando vem, querida.
bjs

Batom e poesias disse...

Mirse
Já fiz até uma consulta com Wania, mas acho que contra a saudade ainda não inventaram nada.

Quer saber?
Ainda bem.

bjs, amiga.

Lara Amaral disse...

O passatempo que arranjamos também nos faz parar no tempo.

Muito bom, linda poetisa.

Beijo!

Layara disse...

...que lindo amor tão rimado tão ritmado de saudades...

Lindo!

besitos!

Batom e poesias disse...

Querida Larinha,
Fico feliz por vir e pelo comentário.
beijos

Batom e poesias disse...

Layara,
Contentinha por gostar.
besitos!

Paradox Doc disse...

Sôdade, meu bem, sôdade... e não te esqueço, não....

contagotas disse...

Que bom ter assunto para recordar e dar saudade. Todo esse assunto nos preenche a vida.
Amei seu blog, gosto do que escreve e, principalmente, de como escreve. Parabéns!

José Viana Filho disse...

As vezes não comento, mas lembro te leio, adoro seu ritmo e temas!!!

bjs e um otimo final de semana!!

Juracy Ribeiro disse...

Querida Rossana,
você foi muito bem recomendada pela mama, claro. Eu, sem computador, só te vejo agora. E foi através do blog do Lau Siqueira.
Seu blog é um sonho. Quero voltar infinitas vezes.

Paz e Amor,
Da Jura.

Batom e poesias disse...

Paradox?

Batom e poesias disse...

Viana,
Comente sim, nem que seja só para deixar um oi.
bj

Batom e poesias disse...

Juracy, que bom que veio.

O espaço do Lau é excelente e muito me honra que tenha vindo através dele.

Elogio de mãe não conta...risos

bj

A.S. disse...

Lindo poema... Adorei o jogo de palavras!!!

BeijOOO
AL

Batom e poesias disse...

Grata Al.

Que bom que veio.
bjs

Lai Paiva disse...

Saudade faz isso... Poesia da melhor qualidade. Muito bom, querida. Bjs

Batom e poesias disse...

Grata Lai

bj