terça-feira, 12 de maio de 2009

Preferências


Prefiro argila
à pedra firme
Argila se amolda
se adapta
e macia se redime
Prefiro pó
à pedra dura
Poeira
revoa
redemoinha
e feliz se reestrutura
Pedra firme?
Um mineral
com ponto de vista
constante
Piatã ignorante!

4 comentários:

Whesley Fagliari dos Santos disse...

Olá amiga,

Quão linda és quando fala livremente assim de uma forma que as partículas da minha alma se transportam todas para cá, e tu, com tuas inebiantes poesias, poemas, fonemas, imagens e encanto, as molda exatamente como argila... E ganho forma, e ganho vida, e ganho o sopro divino da poesia... Parabéns!

Luz e paz!

Com carinho,
Whesley

Amiga do Cafa disse...

A beleza da sua poesia é um bálsamo para a minha alma.
Lindas palavras !

DEUS É MEU JUIZ disse...

Olá, sou nova por aqui, e pesquisando encontrei seu blog, que me chamou atenção seus pensamentos. parabéns, você é boa nisso...posso ser sua seguidora? abraço

cristinasiqueira disse...

Não ser constante,
a leveza dos versos
o tecido de seda flutuante
a borbulha espumante.