segunda-feira, 8 de junho de 2009

Abusada



Quero voltar a ser menina
não de sete, nem dezessete
Menina mulher de vinte e sete
Pronta para os pecados
cometendo-os pela vida
Namorar as escondida
 e passear aí pouco vestida
transparente e enfeitada
Quero muito beijar na boca
Ter ao menos três namorados
um pra de noite e dois para o dia
e um amante por garantia
para um momento de solidão
Pois se eu não for muito amada
que seja ao menos desejada
Ou no mínimo bem usada
bem mimada
bem beijada
Só não quero ficar guardada
na prateleira de um coração.

11 comentários:

Mirse disse...

Rossana!

Que lindo embalo destes a este poema! Ele dança
à medida dos verdos.

Um encanto!

Beijos, amiga!

Mirse

R.Vinicius disse...

O poema está em harmonia de tal forma que soa como música e tem sua cadência. É sempre um prazer lê-la. E aí, está gostando do rumo da história lá no Folhas? Como você está?

Abraço,

R.Vinicius

Paradox Doc disse...

Namorar as escondidas eh muito bom, e beijar na boca ainda melhor...

Amiga do Cafa disse...

Viver é sempre a melhor opção !
Na semana dos NAMORADOS, que eles cheguem em profusão.
Poesia cheia de vida !
Existem pecados muito doces.
Bom início de semana !

Batom e poesias disse...

Mirce, são versos de desacato ao tempo. Muito obrigado pelas palavras.
beijos amiga

Batom e poesias disse...

Obrigada Vinicius.
Estou antenada em tua história de mistério.
Só aguardando.
Estou muito bem!
Obrigado pelo carinho
bjs

Batom e poesias disse...

Paradox Doc, é um nome engraçado.
Grata pelo comentário.

Batom e poesias disse...

Amiga do Cafa,
Palavras espirituosas...
Que eles cheguem em profusão, então! rss
Já vi que já escreveu o capítulo 55.
Passarei lá para ler. Ansiosa...

Bom resto de semana e ótimo feriado
bjs

SANDRA E JUARES disse...

vc esta entre os seguidores do meu blog, como ele é muito pessoal tive que priva-lo, mas se vc quiser continuar lendo mande um email para sandrareginastudio@gmail.com q eu te convido, bj

Batom e poesias disse...

Tubem Sandra, fique tranquila.
Tudo de bom.
beijos

BAR DO BARDO disse...

Bom que o desejo imprima ao peito sua decisão idílica...

Por mim, queria voltar aos 37... (risos).

Bom texto.