terça-feira, 30 de junho de 2009

Monalisa

Fernando Botero
Meu semblante debochado
Que eu até já conhecia
Nem sempre me acometia
Por conta da verve dramática
Sou mesmo um tanto sarcástica
Mas por conta da elegia
Ando perdendo a piada
pra não perder a poesia...

25 comentários:

Mirse disse...

Que maravilha, Rossana!

Você é mesmo fantástica.

Adorei a Monalisa gordinha!

Estás certa, mas nem perca a piada, nem a poesia!

Muito bom!

Parabéns!

Beijos

mirse

Batom e poesias disse...

Ela é fofa, né?
Botero é um pintor colombiano fantástico.

Achei essa mais engraçadinha essa que a Monalisa original...rss
Essa piada eu não perdi.

bjs querida Mirse.

Barone disse...

Retribuindo a visita encontro belos poemas. Voltarei.

Amiga do Cafa disse...

Boa poesia.
Rima inteligente e gostosa.
Você faz poemas com muito talento.
Adoro, viu ?

Batom e poesias disse...

Grata Barone.
Volte mesmo.
bjs

Batom e poesias disse...

Oi Amiga do Cafa.
Passei hoje cedo pela sua casinha já procurando o episódio de número sessenta.
Não demore, viu?
Também adoro seus textos.
bjcas

BAR DO BARDO disse...

a mona já tinha carnes, agora lhe complementam adiposidades deliciosas.

seu poema é dez. dez, não. onze!

Batom e poesias disse...

Cotadinha da Mona, Henrique.
Ninguém merece adiposidades. Nem poéticas...rss

Onze é meu número da sorte.
bjcas no coração

AFRICA EM POESIA disse...

passei e deixo um beijo e...


ARTE



Poesia…Arte….Pintura…
Os meus amores…
Um triangulo que me faz feliz…
E com eles me sinto bem
Pois aqui…esqueço-me do mundo…

Aqui… neste recanto…
Entre paleta, tintas e pincéis…
Vou pincelando e vou pintando…
E vou desenhando o teu rosto…

Rosto cansado, mas amado…
Que está retido no meu pensamento,
E pincelando e pintando…
Vou-te imaginando e amando…

E o Artista desenha e pinta…
E sente loucura…de poder pintar e desenhar,,,
E sentir lado a lado… a Arte e o Amor!...


Lili Laranjo

Batom e poesias disse...

As palavras mágicas do nosso existir passageiro.
Lindo poema, Lili, assim como seu blog. Colorido como eu gosto.

Obrigado pela visita.

bjs

rodrigowill disse...

Que ótimo, "acometia" é uma palavra tão poética e nunca a usei.

"Poema de mim" é minha melhor obra, se não for a única. hehehe

beijos^^

Bea - Compulsão Diária disse...

Sutilezas do humor.

Seu coração bate na boca do Louvre;)

Gostei demais

O Profeta disse...

Uma paixão desapaixonada
Uma razão desencontrada
Uma palavra vazia de sentido
Uma inquietação gerada do nada

A calmaria é o fim da tempestade
Ou será o princípio da tormenta?!
As velas recolhem o vento
Minha alma acolhe o que o coração inventa


Boa semana



Doce beijo

Batom e poesias disse...

Então, deixe se acometer de lirismo Rodrigo, e mãos a obra.
bjs

Batom e poesias disse...

Valeu Bea.
Obrigada por vir e comentar.
bjs procê também!

Batom e poesias disse...

Recebo a visita e um poema de presente do Profeta.
Muito grata!
bjs

AFRICA EM POESIA disse...

Rossana

agradeço a visita...e fico feliz por ter estado no meu cantinho...

mando um beijo e espero que mais vezes nos encontremos com aquilo que nos une...
POESIA...

... beijos

Estela disse...

Olá Rossana,
Obrigada pela visita e comentários aos meus blogs. Também gostei daqui, pois de batom e poesia você parece entender muito bem.
Estarei sempre por aqui.
Bjs.

Quem é ela? disse...

Parabéns pelos posts.

lindos.

"Ando perdendo a piada
pra não perder a poesia..."

lindo mesmo.

Rafael disse...

Botero é muito legal mesmo! Muito bom também seu poeminha!
bjs

R.Vinicius disse...

Gostei. De tudo. O poema, a imagem. Criativa. Ótimo final de semana.

Abraço,
R.Vinicius

Batom e poesias disse...

Venha mesmo Estela. Será um honra.
bjs

Batom e poesias disse...

Quem é ela?
Não sei mas adorei seu blog.
grata pela visita.
bjs

Batom e poesias disse...

Valeu Rafael.
bjs

Batom e poesias disse...

Obrigada Vinicius.
Ótimo fim de semana pra você também.
bjs