sábado, 25 de julho de 2009

Três a Zero

os três macacos sábios


Eu canto e você não ouve
Eu sambo e você não vê
Escrevo e não me responde

Por que ainda quero você?
......

16 comentários:

Whesley Fagliari dos Santos disse...

Porque "querer" está em vc e isso te faz ainda mais especial... Cantando e sambando e querendo... Sempre!

Parabéns!

Luz e paz!

Com carinho imenso,
Whesley

BAR DO BARDO disse...

Eu vê.
Eu vocifero.
Eu ouvo...

- Manda esse cara às favas!!!

Batom e poesias disse...

Obrigado amigo whesley, mas sambo nada...rss
Luz e paz tambpem
bjs

Batom e poesias disse...

Temperinho da minha vida!

Já foi, Prof.!

São fragmentos de poesias que que ficaram pelo caminho.

Estamos dialogando?
hehehe
bjs

Mário Lopes disse...

Porque em sua cabeça manda seu coração, Rossana e, como disse José Cardoso Pires, o amor começa antes do seu começo e acaba depois do seu fim.

Beijo com carinho

Batom e poesias disse...

Acho que é assim mesmo Mário.
Linda frase. Mas mesmo depois do seu fim, um dia acaba mesmo...(risos)
bjs

Stella Tavares disse...

O querer tem o seu próprio itinerário. Na maioria das vezes não obedece, despreza normas e formas.
Bjos.

Batom e poesias disse...

É mesmo Stella. Me fez lembrar a música de Caetano. "Ah bruta flor do querer..."
bjs

Leo Mandoki, Jr. disse...

tem aquela música do djavan....como é que é??..meu bem querer...tem um quê de pecado...
o querer é sempre uma teimosia
beijos..linda

Mirse disse...

Rossana,

Amo esses macaquinhos que representam : NãO FALO, NÃO OUÇO, NÃO VEJO! PARA MIM É ASSIM QUE DEVERIA SER A VIDA E NÓS SEGUIRMOS O EXEMPLO DELES. MAS É QUASE IMPOSSÍVEL.

Amei seu poema!

Apoio tudo que escreveu!

Beijos

Mirse

Batom e poesias disse...

Mandoki, por acaso eu tenho mais medo quando falas docemente...rss
bjs

Rossana

Batom e poesias disse...

Essa sabedoria eu só usaria quando se tratasse do mal, Mirse.

Pois de resto eu gostaria de ver tudo, ouvir tudo e falar tudo, principalmente quando se trata de boas músicas, lindos poemas, belas paisagens.

bjs amiga

Adriana Godoy disse...

Ainda bem que o tempo cura. Beijo.

Batom e poesias disse...

O tempo faz muitas coisas, Adriana.
Até cura...
Obrigada pela visita.
bjs

Marcos disse...

Me sinto menos só, Rossana. Então mais alguém já se fez a mesma pergunta! Mas você indaga com muito mais beleza...
Mas olha: Algumas vezes a pergunta é apenas retórica e se repete e repete e repete... Mas chega um momento em que a gente pergunta de verdade, querendo mesmo saber. Záz! Momento mágico! O perguntador nunca mais será o mesmo!
Um beijo e uma reverência por tudo o que produz de tão lindo!

Batom e poesias disse...

Grata Marcos.
Eu quero registrar aqui o quanto gosto dos teus textos.
De verdade!
bjs