quinta-feira, 8 de julho de 2010

Passatempo

imagem google

Pega-pega
Pega nada
Pega nunca
Esconde-esconde
Aonde?
Que não encontro
Passa-anel
Passatempo
Passa boi
Passa boiada
Passei a vida inteira
esperando ser achada

Passei da idade de brincar...

25 comentários:

Flavio Ferrari disse...

É que faltou brincar de médico e enfermeira ...

Rafael Perfeito disse...

Época boa...
agora vc brinca com as palavras!

tonhOliveira disse...



Mas isto já é passado!
Apresente-se ao futuro!

be:)os!

Mirze Souza disse...

Linda Ross!

Passou nada!

Vamos brincar?

Beijos

Mirze

Rodrigo Braga disse...

Ninguém passa da idade de brincar! A prova disso está no constante brincar com as palavras.

Assis Freitas disse...

o mumdo ensina a fazer renda
mas nunca se desaprende o mar,

beijo

Marcantonio disse...

Mas, agora você brinca, a sério, com as palavras, essas bolinhas-de-gude, esse jogo da memória, essa ciranda...

Beijo.

Lara Amaral disse...

Se não é mais brincadeira, como a gente define esta fase de esconde-esconde e perseguição?

Boa, Ross!
Beijinho.

contagotas disse...

Brincando com a gente Rossana!?

Bom fim de semana
Mil beijos

Batom e poesias disse...

Flávio,
Sem palavras...
:)
bj

Batom e poesias disse...

A menina resiste, Rafa.
Contente por vir.
bj

Batom e poesias disse...

Presente, mestre TonhO!

0 0
^
`-´

bjs

Batom e poesias disse...

Brincar de viver, Mirse.
Feliz!
bj

Batom e poesias disse...

Rodrigo, se você diz...
Beijos, querido.

Batom e poesias disse...

Assis, não sei se entendi...
rss
bjca

Batom e poesias disse...

Como se fosse brincadeira de roda, Marcantonio.
Contente por vir.
bj

Batom e poesias disse...

Larinha, estou ficando repetitiva: Você entendeu perfeitamente. Tudo!
:)
bjos

Batom e poesias disse...

Querida Maria Ivone, quem dera!
Estava com saudades de ti.

Outros mil bjs

Ivan Bueno disse...

Rossana,
Já visitei seu blog outras vezes, mas agora cheguei pra ficar, ler, comentar e seguir.
Gostei desse poema-brincadeira mas, se me permite (só vou saber se permite depois! rs...) eu discordo do final.
Há uma criança dentro de todos nós. Nunca devemos parar de brincar, apenas mudar a forma, e aqui você está, como já disseram, brincando também.
Levar a vida à sério demais (e já fiz tanto isso... ainda faço, mas tento escapar) é uma tortura. Sim às brincadeiras e à sua poesia. Legal seu espaço.
Depois vá lá no meu blog Empirismo Vernacular, leia, comente e seja uma seguidora, também. Será muito bem vinda com seus batons e poesias.
Beijo grande,

Ivan Bueno
blog: Empirismo Vernacular
www.eng-ivanbueno.blogspot.com

Ribeiro Pedreira disse...

brincar de poesia é coisa de gente grande.

Wania disse...

Rossana

Acho que não passaste não... ainda tem muito tempo, ainda tem muita vida lá fora! Quem não te encontrou ainda, não faz idéia do que já perdeu!

Linda poesia, me achei aqui!
Bj imeeenso

Batom e poesias disse...

Seja bem vindo Ivan.
Feliz por vir para ficar.
entendi o recado.

bjcas

Batom e poesias disse...

Linda frase, Pedreira.
Mesmo.

Grata.
bjcas

Batom e poesias disse...

Wania, minha amiguinha,
Sou feliz de estar nessa brincadeira comigo.

Beijos no ♥

mirian disse...

bárbaro !!!