segunda-feira, 28 de junho de 2010

ciclo

28 comentários:

Geraldo de Barros disse...

Querida, que coisa boa, bom ver vc brincando com as palavras e imagem, lindo!

Beijos que pendem para o lado de tanto carinho que levam nos ombros,
GE.

tonhOliveira disse...



Poemarquitetado!

Ciclovia ← mev e iav→!

bjs!

Lara Amaral disse...

Será que uma hora quebra, ou emperra?

Linda, adorei o seu jogo poético.

Beijinho.

Marcantonio disse...

Muito bom Rossana! Parece que está tudo mesmo preso a ciclos, ciclópicos ou ínfimos, macros e micros, externos e internos. E encadeados.

Beijo.

Fouad Talal disse...

Rossana você é...

flash back

Rossana você é...

flash back

Rossana você é...

ad infinitum!

Beijos

flash back...rs

Batom e poesias disse...

Ge, lá no fundo sou eterna criança.

Não vá agora me pedir para postar muletas...rs

O carinho é recíproco.
Beijos, meu querido.

Batom e poesias disse...

TonhO,
Duas espirais espelhadas com o centro em comum.
Vai e vem e vai e vem e vai e vem...

Beij♥cas

Batom e poesias disse...

Larinha,
É uma engrenagem misteriosa, tanto quanto escrever poemas.

"Escrevia eu outra coisa
e o poema ficou assim...
Não sei mais quem manda em mim".

:)
Beijos, minha amdinha

Batom e poesias disse...

Marcantonio
Eu não explicaria melhor este poema...

Aliás, seu comentário, além de dissecar, enobreceu meus versos.

Beijos, querido

Mirze Souza disse...

Ross!

Que lindo! Isto também é poesia concreta?

O PERVERSO foi o "must".

D++++++

Beijos

Mirze

Batom e poesias disse...

Fouad,
Eu te amo também...

:)

beij♥

Batom e poesias disse...

Penso que não, Mirse, mas não me apego muito à definições.

Acho que meu individualismo egoista me definiria mais como uma "expressionista"...rss

Fico feliz por me fazer refletir um pouco.
Um beijo, amiga amada.

Assis Freitas disse...

refazendo tudo,

beijo

Wania disse...

Rossana querida!

Lendo e vendo a tua poesia só posso concluir que: Ciclo vai, ciclo vem, mas sempre acaba no olho do furacão: O coração!

Lindo como o adverso do oposto do avesso... :)


Bj grande

Rodrigo Braga disse...

Poema impactante e profundo. Você brincando de roda tal qual uma menina com a palavra e a imagem.

Jacky Simionato disse...

Oiii flor, tudo bem?
Vim visitar seu cantinho e adorei =D
gostaria que me visitasse tbm, se gostar me siga? ficarei super feliz com isso!!!
ps:estou te seguindo.

www.jackysimionato.blogspot.com

beejo beejo":"

Juan Moravagine Carneiro disse...

Roda vida...

abraço!

Batom e poesias disse...

E desfazendo também, Assis.
bjs

Batom e poesias disse...

Que nada, amiga Wania.
Estou mesmo nos ventos da tempestade.

Mas é bom também.
:)
bjcas

Batom e poesias disse...

Ciranda, cirandinha, vamos todos cirandar...
:)
Feliz de tudo quando vem, Rodrigo.
bjcas, querido!

Batom e poesias disse...

Grata pela visita Jacky.
Vou conhecer seu cantinho também.
Bj

Batom e poesias disse...

Juan,
Quase monossilábico por aqui,mas ainda assim, precioso.
Bom quando vem.
bj

ryan disse...

experiências textuais
semióticas transcendentais.

bonito bonito.

Batom e poesias disse...

Ei Ryan!
Gostei do que disse.
Muito.

bjs

Flavio Ferrari disse...

É o feitiço do grande chefe índio Cutucocú Contaquara...

Batom e poesias disse...

Flavito, acho que andas bebendo muito...

:D

bjcas

mirian disse...

Sensacional !!!

Batom e poesias disse...

Agradecida, Miriam.