quarta-feira, 2 de junho de 2010

a louca

Foto do google


Algoz de mim mesma

reconstruo os elos

dos meus grilhões

Pois se nada me amarrar

eu pego carona no vento

e não volto nunca mais.

.

38 comentários:

Mirze Souza disse...

Ah volta!

Ross querida, é melhor ser algoz de si mesma do que ter um algoz.


Sei que como poeta, você nos leva aonde quer.

Amei a "Louca"! Como amo todos os loucos!

Beijos

Mirze

Geraldo de Barros disse...

Rossana, vc me tocam com esse poema tão fundo, mais tão fundo que peguei carona nele e fui parar nessa linda canção que me borda a alma toda vez que ouço, sei que gosta de música, acredito que a conheça:

http://www.youtube.com/watch?v=-KAif2m4MeA&feature=related

essa viagem me trouxe aqui novamente, pra deixar uns pedacinhos de nuvens que colhi no caminho pra vc, agradeço por essa viagem tão boa

e voe sempre, sempre! mas volte pra deixar aqui o cheirando bom do vento =)

do lado de cá um beijo,
Ge.

Adriana Karnal disse...

liiindo....pegar carona com o vento, ai q dilícia!!!

Suelen Braga disse...

Parabéns suas poesias são sempre lindas

Beijo

Lara Amaral disse...

Ninguém nos segura mais do que nossos próprios medos.

Imagino vc solta por aí, ninguém te pega, rs.

Beijo!

Leonardo B. disse...

[por onde passa esse vento? onde esse castelo duma palavra só?]

um imenso abraço, Rossana

Leonardo B.

Batom e poesias disse...

Algozes são ruins em qualquer circunstância, mas você tem sempre razâo minha amiga.

beijos

Batom e poesias disse...

Conheço a cançâo sim, Gê.
Nâo me lembrava mais dela, mas quando menina, meus pais me faziam cantá-la para as visitas... :)

Que lembrança boa me trouxe.
bjs

Batom e poesias disse...

Não é, Adriana?
Ai se não fossem as amarras.

Feliz por vir.

bjs

Batom e poesias disse...

Lara, sabe que eu acho até bom?
Senão sabe-se lá onde eu iria parar...

bjs, querida

Batom e poesias disse...

Acho que seria um castelo de versoventanias, Leonardo.
Gosto muito quando vem.
bj

Batom e poesias disse...

Suelem, escapou você...
Mas já peguei.

Grata, linda.
bj

Eraldo Paulino disse...

As loucas sçao as melhores (ainda mais com batom vermelho)

Bjs!

~*Rebeca e Jota Cê*~ disse...

Adorei!

tonhOliveira disse...



Louca ven-tan-tan-ia!

bjs!

Batom e poesias disse...

Eraldo,
Você é louco também...
:)
bj

Batom e poesias disse...

Rebeca e Jota Cê.
Fico feliz com a visita e com o comentário.
bjs

Batom e poesias disse...

TonhO
No rol dos meus loucos queridos, você está entre os primeiros.

bj♥

Rico Salles disse...

Muito charmoso o blog, gostei mesmo. Bj!

Batom e poesias disse...

Oi Ricco
Grata por vir e contente por ter gostado.
Volte.
bj

Desengavetados disse...

rsrsrsr já peguei carona com o vento, sou a louca.

Andréa.

cristinasiqueira disse...

Adorei o ultimatum.

Beijos,

Cris

Miltextos disse...

Versos exaustos ou verbos exatos? Reconstruir, amarrar, pegar, voltar. Sim e não em conflito eterno, feito vida.

Paradox Doc disse...

The answer, my friend, is blowing in the wind !!! As respostas, minha amiga, estão nos versos do bardo Bob Dylan, poeta maior como você.
Dennis Hopper montou em sua moto e saiu flamejando com Peter Fonda.
Let's go for a ride !
PS: Linda a foto de Saint Francis... Lindíssima a sua foto...

Paradox Doc disse...

Desculpe, a emoção foi tanta que o dedo ficou premendo a tecla, qual registro de desvairado trumpet de Chet...

Batom e poesias disse...

Oi Andréa,
então voemos juntas.

As loucas...
:)
Contente por vir

Beijinhos

Batom e poesias disse...

Cris, sua sumida!
Saudades.
bjs

Batom e poesias disse...

Feito eu, poetinha.
bj

Batom e poesias disse...

Ah, Paradox
Se eu conseguisse as respostas no vento, as perguntas mudariam...

Contente por vir e comentar.
Grata pelo elogio.
beijinho

CANTO GERAL DO BRASIL (e outros cantos) disse...

Rossana,
Uma carona assim é infinita mesmo. Nesse voo vou até Marte...


Abraço alado,
Pedro Ramúcio.

Marcantonio disse...

Dialética da liberdade. Logo, da identidade.
Ainda bem que não tive de me perder em ramificações até chegar aqui,vim nas asas do seu comentário pelo qual novamente agradeço.

Um abraço.

Rodrigo Braga disse...

Voa, voa, voa e só quando se cansar pouse e repouse!

Batom e poesias disse...

Bem vindo, Pedro.
Feliz com a visita poética.
bj

Batom e poesias disse...

Marcantonio,
Facilitei pra você ensinando um atalho.
Importa é que veio.
bjs

Batom e poesias disse...

Conselho devidamente anotado, Rodrigo.
Bjca

Amiga do Cafa ( Celamar ) disse...

Seria tão bom pegar carona no vento, Ro.
Beijo

mirian disse...

Minha cara....né?
bjinhos

Whesley Fagliari disse...

Querida Rossana,

Os ventos que te levam de carona são irmãos das brisas que me trouxeram até aqui... Para ver como andas a perfumar este seu encanto de lugar... Está cada vez mais lindo... Tudo! Os versos! A plástica! A harmonia! A poesia... Parabéns!!!

Volto assim que conseguir embarcar em outra brisa! Rsrs..

Luz e paz!!!

Com carinho e amizade,
Whesley Fagliari