sexta-feira, 18 de março de 2011

das eventualidades


Nem mais aforismos eu cometo
que já não me meto a me transcender
No meu lado de fora já me esparjo parva
e no meu lado de dentro contenho-me entorpecida
Pois que a vida já me anda tão incerta
que de constante só me resta definido
o memorável acaso.

32 comentários:

Poesia Cibernetica disse...

Perfeito e tocante. Parabéns!
Dia Mundial da Poesia, dia 21 de Março, não esqueça.

Leonardo B. disse...

[definida certeza, a toda possibilidade]

Um imenso abraço,

Leonardo B.

Maria Rita disse...

Como diria Cássia Eller "Deus é um cara gozador", vive a manipular acasos em nossas vidas né!

Beijos pra Ti

Anne M. Moor disse...

E a vida precisa ser constante? :-)

Belo poema.

beijos
Anne

Anônimo disse...

Fernando Pessoa dizia:

"Tenho dito tantas vezes, quando sofro sem sofrer, que me canso dos reveses que sonho só para os não ter"

é a vida é uma constante procura, busca...que como o Poeta diz "só quem obter a loucura ou a estupidez pode ser feliz.
Buscar, querer, amar...
tudo isto diz:
perder, chorar, sofrer, vez após vez"
Beijo, não querendo ser dramática! mas existe uma verdade em tudo isto...
Lu

Suzana Martins disse...

E o acaso me toca!!

Beijos

Michele P. disse...

E o acaso constrói os melhores casos.Palavras encantadas, como sempre. :)

Um abraço Rossana!

meus instantes e momentos disse...

que bonito ler voce...
Belo blog.
Maurizio

Jota Effe Esse disse...

Lembrei da letra: Se acaso me quiseres, sou dessas mulheres que só dizem sim... Meu beijo.

NDORETTO disse...

Gostei,muito....rsrs...uma tristeza irônica. Mais ironia que tristeza...rsrsr
beijos
Neusa

Milene Souto disse...

Sempre o acaso a nos surpreender... adorei o poema, beijos.

Eraldo Paulino disse...

Por acaso sinto falta de batom.

Frescura ou saudade mesmo? Ao mesmo tempo tudo e misturado.

Sentir falta de quem se gosta é assim.

Bjs no batom!

Batom e poesias disse...

Oi Berg, agradeço e não será esquecido.
Bj

Batom e poesias disse...

Verdade, Leonardo.
As incertezas abrem o leque.
bj

Batom e poesias disse...

Maria Rita, Chico Buarque também disse isso.
Eles estão certos...
:)

bjcas

Batom e poesias disse...

Precisa não, Anne.
Mas as vezes é bom uma folguinha... rss
bj

bjs

Batom e poesias disse...

Entendo perfeitamente, Lu.
Adorei seu comentário.

bj

Batom e poesias disse...

Suzana, que o acaso nos proteja enquanto estivermos distraídos...

bjs

Batom e poesias disse...

Linda Michele, agradeço as palavras.
bjcas

Batom e poesias disse...

Que bom receber-te por aqui Maurizio. Andavas sumido.

bj

Batom e poesias disse...

Jota,
Por acaso eu pensei num outro tipo de acaso...

bj

Batom e poesias disse...

Neusa,
Carrego em mim um certo sarcasmo, que não gosto, mas me habita...
Eu gosto quando percebem.

Um beijinho.

Batom e poesias disse...

Que bom que gostou, Milene.
Um beijo

Batom e poesias disse...

Ô Eraldo...

Tudo junto e misturado, também.
Te beijo.

Ribeiro Pedreira disse...

nem todo dado é viciado, mas há indícios de dados expiatórios.
bjs!

Batom e poesias disse...

Dado...
Sempre bem vindo.
:D
bj

Cris de Souza disse...

teu ritmo me leva a loucura....

a-do-ro!!!

Geraldo de Barros disse...

acaso, chão onde ando plantando a alma :)

beijos

G

mirian disse...

barbaro !!!!

Batom e poesias disse...

Cris
A loucura as vezes é boa.
bj

Batom e poesias disse...

Ge,
A alma não finca raiz, meu querido...

bjs

Batom e poesias disse...

Miriam
Está numa maratona do "batom"?

Que bom que gostou.
bj