quarta-feira, 2 de março de 2011

Dentro de mim

       
       Vez ou outra, eu embarco numa viagem introspectiva onde conjecturo e permeio meus pensamentos com lembranças, sensações, devaneios e desvarios.
Acho que todo mundo faz um pouco isso. Cada qual da sua maneira.
      Sinto que tenho um patrimônio enorme bem aqui dentro (não sei se na mente ou no peito), que não consigo organizar.
Não sei como catalogar meus pensamentos, guardar em "pastas" separadas, e muitas vezes, não encontro na mente, as lembranças que pensei ter guardado. Tenho a memória desordenada.
Escrevo sobre isso muitas vezes, numa vã tentativa de me arranjar interiormente.
       Falta-me método para arquivar sentimentos em minha "área de trabalho", nos "meus documentos" ou na pasta de "minhas músicas", e nas imagens que impregnam meu cérebro. Meus poemas e os poemas de outros [que eu gosto], se fundem, se misturam, a ponto de eu não discernir quem escreveu. Espécie de dislexia literária.
     Acontece assim também com o “bem querer”, que se mistura com simpatia, empatia, paixão, afeto, atração... Tudo tão confuso.
     Gostaria de ser mais organizada e disciplinada, de conseguir desfazer-me de arquivos temporários, esvaziar a lixeira, "desfragmentar' minha mente, limpar o HD e eliminar o que já não serve e atrasa meu funcionamento.
      Queria "deletar" o que dói.
      Apagar as saudades, mas não as lembranças.
      Mas sou uma pessoa. Uma pessoa confusa, perplexa e complexa.
     Sou um equipamento emocional de qualidade duvidosa e de funcionamento incoerente. 
     Não realizo suficientemente, e meu tempo de ação é diferente do ideal, e perdida no meio disso tudo, eu ainda duvido dos meus princípios, afronto minhas próprias crenças, careço imensamente de aceitação e de afeto; e onde quer que eu esteja, estou sempre e absolutamente enfiada em meu próprio turbilhão mental sem conseguir desvencilhar-me.
      Acomete-me ininterruptamente desassossegos que não controlo e "querer" não é um verbo que conjugo com freqüência por não saber o objeto que o completaria.
     Sou a dúvida, sou a controvérsia e sou recipiente de muitos elementos, mas sou resistente e resiliente.
      Só preciso de um bom técnico, que entenda bem de hardware e software da alma.
       Alguém conhece?

26 comentários:

Wania disse...

Rossana

Eu perdi a assistência técnica quando troquei de um serviço autorizado para um não autorizado...agora "La garantia soy yo"...rsrsrsrsrs!



Ahhh, minha amiga, teu texto é g-e-n-i-a-l, a gente brinca, mas a coisa é séria... eu sei! Agora te digo uma coisa: teu disco não é rígido e nunca vai ser... ;)))

Bytes e bjs

A.S. disse...

Viver é uma dúvida permanente! Age de acordo com a sensatez, ouvindo sempre o que te diz o coração!


Beijos meus,
AL

Lara Amaral disse...

Parece que há uma regra diferente para organizar as coisas de dentro. Tenho mania de organização, mas por dentro ainda não consegui nenhum método.

Beijo, querida.

Suzana Martins disse...

Ah, meu bagunçado interior!! rs...
É sempre bom colocar ordem, né? rs

Beijos

Flavio Ferrari disse...

Falou com o cara certo ... você só precisa dar um "reset" e, na sequencia, um "defrag" no HD.
(massagem tantrica e meditação)

byTONHO disse...



"Com puta dor sentimental?
Faça Upgrade no ♥!"

Fala com o Mário.

ah!ah!ah!
ah!ah!ah!
ah!ah!ah!
ah!ah!ah!
¨¨¨¨/¨¨¨¨
→ :)

Regina d'Ávila disse...

Em alguns momentos é assim mesmo...Trava..:))
Temos que desligar, tirar a bateria e passear...depois voltamos nova..:))
E tudo fica direitinho...
Super beijos,
Adorei o texto,
Regina d´Ávila.

Assis Freitas disse...

ctrl+alt+del=formatar C



beijo

Batom e poesias disse...

Wania,
Uma declaração de amor entre robôs, terminaria assim... rss

Beijos, amiga querida!

Batom e poesias disse...

Albino
Sensatez não é o meu forte, mas vou tentar.

Bjs

Batom e poesias disse...

Larinha, pois eu sou um caos de todo lado...rss

Beijos, queridinha!

Batom e poesias disse...

Sempre tentando Suzana.
Sempre...

bjs

Batom e poesias disse...

Jay guru Flávio.
Meditação eu já faço.
:)

bjs

Batom e poesias disse...

Tonh0

Juro que não vou perguntar...
;D

bj

Batom e poesias disse...

Regina, adorei sua presença.
Seja bem vinda!

bjs

Batom e poesias disse...

Assis

Escreveu não leu
ctrl+alt+del

:)
bj

Mirze Souza disse...

Ross!

Seu HD cabe tudo em relação aos sentimentos e à pura beleza do ser humano.

Faça um upgrade e distribua.

Beijos carinhosos.

Bom Carnaval

Mirze

Eraldo Paulino disse...

Teorias de amor e de vida não cabem no HD. Organizar dados é fácil, difícil é viver, pois vida é procurar e perder.

Se for o caso de organizar o tempo e otimizar as ações, um psicólogo resolve, mas se for pra organizar sentimentos, mergulhe fundo nesse mar, e quando ele começar a deixar de ser aterrador, suba e mergulhe em outro mar que te assuste. ;)

Bjs de quem manda livros de autoajuda pra lixeira!

Dario B. disse...

Começe particionando o HD. Faça um bkp das lembranças boas, dos bons momentos, amigos, lugares, e salve em D:. Exclua rancores, mágoas, raiva, sentimentos down, formate e tenha um C: zerado pra reiniciar. Espero ter sido util, rs. Um beijo.

Batom e poesias disse...

Mirze,
Seus comentários são sempre amorosos e cheios de generosidade.
Muito obrigada, amiga.

Bjcas

Batom e poesias disse...

Eraldo
Você me assusta...
;)

bjcas

Batom e poesias disse...

Dario,
Muito útil e muito carinhoso.
Sou grata.
bjs

Heloísa disse...

As coisas que você escreve são lindas. Esplendidas, fabulosas... Mal se pode descrever o que vocÊ escreve...

Mas o que você escreve as vezes... É tão... triste... De vez em quando, mesmo conhecendo o significado do "Eu lírico", fico pensando se tudo o que você escreve encaixa-se em sua vida.
Encaixa, Rossana?

Desengavetados disse...

"Queria "deletar" o que dói.
Apagar as saudades, mas não as lembranças."

Poxa, esse é mal de todo mundo...sempre estou nessa crise
de querer se completar e se desvenciliar das marcas... Vira e mexe isso se derrama na minha escrita...Vejo que não sou a única.

Bjos, querida.
E não deixe de se expressar, ainda que haja dificuldades de organização na bagunça do seu coração e da mente.
Andréa de Azevedo.

Batom e poesias disse...

Heloísa, carrego um pouquinho de tudo dentro de mim.
Inclusive a tristeza...

Mas seu comentário me fez mais feliz.
:D
Grata por vir.

bjs

Batom e poesias disse...

Pode deixar, Andréa, querida.
Mesmo bagunçada eu continuo...rss
bjcas